RÁDIO KATIVA WEB

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

MP pede a cassação do mandato de vários vereadores por compra de votos

 




O Ministério Público Eleitoral ingressou com ação de investigação judicial eleitoral pedindo a cassação do diploma e do mandato, bem como a inelegibilidade de diversos vereadores por compra de votos nas eleições deste ano.

Entre os investigados, constam os atuais vereadores ANA LUCIA RODRIGUES PRADO, CLAUDIO COELHO PEREIRA, GIULLIANO SOUSA RODRIGUES (TIBAZINHO) WELLINGTON RESENDE DA SILVA (WELLINGTON DAS BOTINAS) DOUGLAS VIEIRA RODRIGUES TOSTA (TIBOQUINHA) LUCIO FLAVIO RODRIGUES DA CUNHA (QUEIJERINHA) WARLEY FERREIRA DE MORAIS (WARLEY MARAVILHA) E WANDERLEI INACIO (MÃE PRETA).

Além desses, figuram na lista CLAYTON FERNANDES (vice-prefeito), LUIZ ANTONIO LOPES (LUIZ PORCÃO), AILTON OLIVEIRA SOUZA (ALADIM), ANTONIO RODRIGUES TOSTA (TIBOCA), WAGNER ASSIS DE OLIVEIRA (MACARRÃO), ROBSON ANSELMO LOPES (RUBÃO) e CARLOS DE LIMA BARBOSA (Secretário de Administração).

Após apresentar indícios de prova da captação ilícita de sufrágio (compra de votos), a promotora de Justiça Cristina Fagundes Siqueira pede que todos os investigados sejam apenados com sanção de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos próximos oito anos, bem como que os eleitos e suplentes sejam apenados com a cassação do diploma, e por consequência do mandato. Além disso, pleiteia a condenação dos investigados ao pagamento de multa.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Retrato do Brasil