RÁDIO KATIVA WEB

domingo, 2 de agosto de 2020

Corrupto reclama do tamanho do pacote de dinheiro



Em outro post (leia aqui), falamos que a circulação de notas de alto valor, como a de R$ 200, facilitaria a prática de corrupção. Essa afirmação pode ser confirmada, por exemplo, pelas investigações da Operação Caixa de Pandora. Flagrado ao receber propina, o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda reclamou, junto ao delator Durval Barbosa, da dificuldade de sair com o pacote de dinheiro que acabara de receber. A conclusão óbvia é a de que, se as notas fossem de valor maior, esse pacote seria muito mais discreto e fácil de transportar.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cargos comissionados da Procuradoria: mais uma nomeação

  No Correio Oficial de hoje, foi nomeada para o cargo de subprocurador Anyelle Peres Martins, que concluiu o curso de Direito no ano passad...