RÁDIO KATIVA WEB

terça-feira, 21 de julho de 2020

Corrupção: militares do Exército usaram dinheiro público para "comer gente"

 
A Justiça Militar da União condenou 26 pessoas na última sexta-feira (17/7). São militares do Exército Brasileiro e empresários acusados de participar de um esquema de corrupção no Comando Militar da Amazônia. 

De acordo com a decisão, os crimes aconteceram entre 2005 e 2006. O grupo teria praticado fraudes em licitações e contratos para a compra de alimentos destinados às unidades daquele comando. 

Os policiais federais constataram manipulação de planilhas de preços para favorecer os empresários, fraudes e desvios na distribuição de gêneros alimentícios e até o recebimento de propinas por parte dos militares. 

Entre os oficiais do Exército, estão dois coronéis, um tenente-coronel, um major, cinco capitães e um tenente. Há ainda militares de graduação inferior que recebiam “mesadas” para não atrapalhar o esquema. 

Escutas telefônicas demonstraram que o contato de dois capitães com um dos empresários era tão estreito “que este último contratou prostitutas e promoveu uma festa em um motel de Manaus para os referidos oficiais” (veja imagem acima).




Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Corrupto reclama do tamanho do pacote de dinheiro

Em outro post ( leia aqui ), falamos que a circulação de notas de alto valor, como a de R$ 200, facilitaria a prática de corrupção. Essa...