RÁDIO KATIVA WEB

segunda-feira, 18 de maio de 2020

TCU evita rombo de R$ 131 mi ao sustar pagamento ilegal a militares


Enquanto 8 milhões de brasileiros (informais, autônomos e desempregados) ainda enfrentam dificuldades para receber a primeira parcela do auxílio emergencial, 73 mil militares ganharam o benefício indevidamente. Sem filas bancárias, o R$ 43,9 milhões, referentes à primeira parcela, foram creditados diretamente nas contas bancárias de militares e pensionistas. O Tribunal de Contas da União - TCU determinou a imediata devolução dos valores recebidos ilegalmente (clique aqui). Se não fosse a intervenção imediata do TCU, os cofres públicos sofreriam um rombo total de R$ 131 milhões.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

MPMG deflagra nova fase da Operação Hoopoe, com mandados de busca e apreensão

  Promotorias de Justiça de Araguari (foto: Diário de Uberlândia) . O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio das Promotorias de...