RÁDIO KATIVA WEB

terça-feira, 26 de maio de 2020

Governo lança edital a fim de comprar esteira de R$ 44 mil para o general Mourão


O governo federal abriu um edital no valor de R$ 44 mil para comprar uma esteira ergométrica para o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, usar no Palácio do Jaburu.

O edital estima a aquisição do equipamento no valor de R$ 43.094,06. Com a instalação, poderá custar a R$ 44.034,52. A abertura das propostas ocorrerá no dia 6 de junho.

Ao justificar a aquisição, a vice-presidência alegou que Mourão não pode realizar exercícios físicos fora da residência oficial por razões de "segurança, privacidade e agenda institucional".

De acordo com o edital, a esteira deve ter conexão com a internet e "tela touch screen de alta definição com aplicativos de entretenimento, internet, TV, cursos interativos e mais". Deve, ainda, "possuir interface com sensores sem-fio de frequência cardíaca (telemetria padrão Garmin, Polar, Bluetooth ou ANT+) ou sensores de contato em manoplas (empunhaduras) no equipamento".

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Advocacia administrativa?


Fomos informados de que dois funcionários públicos comissionados estariam atuando dentro da Prefeitura para defender os interesses privados de uma conhecida empresa que está devendo ao município. A dívida já está em fase de execução no Judiciário. Por outros motivos, um desses "advogados" foi, inclusive, investigado pela Operação Hoopoe.

O dia promete, mas...


Hoje, o dia promete. O ministro do STF Celso de Mello enviou ao Procurador-Geral da República, para exame, o pedido de apreensão dos celulares de Jair Bolsonaro e de seu filho Carlos, formulado por parlamentares. Às 17h, o ministro deverá autorizar a divulgação, ainda que parcial, do vídeo com a reunião ministerial do dia 22/4. Vale lembrar que Sérgio Moro disse que, nessa reunião, Bolsonaro exigiu em tom autoritário a troca na Polícia Federal. 

Em qualquer democracia do mundo, a "casa iria cair", mas, lembre-se de que: estamos no Brasil. Graças às "preces" da milícia evangélica, ao apoio político "desinteressado" do centrão e às ameaças antidemocráticas da facção militar, é provável que tudo dê em nada. 

segunda-feira, 18 de maio de 2020

TCU evita rombo de R$ 131 mi ao sustar pagamento ilegal a militares


Enquanto 8 milhões de brasileiros (informais, autônomos e desempregados) ainda enfrentam dificuldades para receber a primeira parcela do auxílio emergencial, 73 mil militares ganharam o benefício indevidamente. Sem filas bancárias, o R$ 43,9 milhões, referentes à primeira parcela, foram creditados diretamente nas contas bancárias de militares e pensionistas. O Tribunal de Contas da União - TCU determinou a imediata devolução dos valores recebidos ilegalmente (clique aqui). Se não fosse a intervenção imediata do TCU, os cofres públicos sofreriam um rombo total de R$ 131 milhões.

sábado, 16 de maio de 2020

Militarização do Ministério da Saúde


Ato do comandante do Exército (acima) coloca 17 militares à disposição do Ministério da Saúde. A portaria é do dia 4, mas só foi publicada no Diário Oficial da União no dia 15, ontem.

Pitaco do Blog

O que pretende o governo federal ao militarizar (ou aparelhar) um órgão técnico como o Ministério da Saúde? Em outras palavras, é correto substituir técnicos daquele órgão por pessoas que ainda terão que aprender sobre saúde pública em plena pandemia?

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Golpe financeiro é aprovado no Congresso


Banco Central poderá gastar trilhões para comprar papéis podres dos bancos e mandar a conta para o povo na forma de mais dívida pública ilegítima.

Na tarde desta quarta-feira (6), a Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2020, que permite ao Banco Central (BC) adquirir papéis podres dos grandes bancos e investidores, sem limite algum. O presidente do BC já havia declarado que esse negócio irá custar R$972,9 bilhões , porém, esse valor não considera a atualização pela inflação, como constou de levantamento publicado pelo Estadão – que revelou ainda que esses papéis estão acumulados há 15 anos, ou seja, se computada a atualização, estamos falando de um rombo de vários trilhões de reais!

A dívida pública vai aumentar exponencialmente e a contrapartida serão esses papéis podres adquiridos pelo Banco Central!

O povo é que vai pagar essa dívida pública, como sempre, com mais arrocho fiscal, privatizações, contrarreformas etc.

Agora a PEC já segue para ser promulgada pelo Congresso Nacional.

A deputada Fernanda Melchionna (Líder do PSOL) novamente apresentou destaque para que o Artigo 7º (que previa esta operação) fosse votado em separado, no sentido de tentar excluir esse artigo. Porém, apenas 88 parlamentares votaram NÃO (ou seja, contra o artigo 7º), enquanto 400 votaram a favor desta operação escandalosa, que irá comprometer de forma extremamente negativa as finanças públicas do país , beneficiando somente os bancos, que já se ressarciram das perdas referentes aqueles papéis podres quando apuraram anualmente seus resultados!

CONFIRAM A LISTA DE VOTAÇÃO!!! DENUNCIEM OS PARLAMENTARES QUE VOTARAM SIM A ESTE ARTIGO ESCANDALOSO NOS RESPECTIVOS ESTADOS!!! QUEM VOTOU SIM A ESSE GOLPE SÓ ESTÁ REPRESENTANDO INTERESSE DA BANCA E NÃO DO POVO!

Várias mentiras foram ditas pelos líderes que defenderam a aprovação da PEC, mentiras essas fartamente desmontadas por 5 Notas Técnicas publicadas pela Auditoria Cidadã da Dívida desde que a PEC 10 foi protocolada (a exemplo da Nota 5) , e pela Notificação Extra-Judicial enviada a todas as lideranças da Câmara.

Esta PEC é mais uma prova cabal, didática e escancarada da produção de dívida pública por meio de mecanismos financeiros totalmente ilegítimos, sem contrapartida alguma ao país ou à sociedade, o que denominamos SISTEMA DA DÍVIDA!

Seguimos na luta pela completa AUDITORIA DA DÍVIDA, com participação social, pois essa é a ferramenta que irá comprovar a verdade e desmascarar os mecanismos fraudulentos como o que essa PEC 10 autoriza.

Transcrito da Auditoria Cidadã da Dívida (clique aqui).

Postagem em destaque

Qual o maior problema de Araguari?

  Fizemos uma enquete no grupo Observatório de Araguari no Facebook ( clique aqui ) para saber, na visão dos cidadãos, quais os maiores prob...