RÁDIO KATIVA WEB

domingo, 24 de novembro de 2019

Mordomias pelos céus do Brasil


Enquanto os passageiros comuns enfrentam filas em aeroportos e, muitas vezes, só conseguem uma água durante os vôos, o presidente da República e os ministros recebem mordomias. Além de utilizarem os aviões da Força Aérea Brasileira - FAB -, eles têm direito a um cardápio pago pelo contribuinte.

Para isso, o governo contrata os serviços de comissaria aérea, visando ao fornecimento de lanches e refeições para o serviço de  alimentação a bordo de aeronaves que conduzem essas autoridades e respectivas comitivas.

Recentemente, conforme dados do portal da transparência, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República prorrogou o contrato para a prestação desses serviços. Em 12 meses, contados a partir de junho deste ano, os gastos serão de R$ 1,1 milhão somente com os serviços prestados em aeronaves públicas usadas pelo presidente. No total, o ajuste assinado em 2017, após sucessivas prorrogações, irá consumir R$ 3,3 milhões.

Nenhum comentário: