RÁDIO KATIVA WEB

domingo, 17 de novembro de 2019

Juízes e promotores parciais e descuidados



Muitos juízes e membros do Ministério Público gastam parte do tempo nas redes sociais atuando politicamente. Usam as mídias para defender suas posições em casos concretos. É uma espécie de embargo midiático, uma complementação de fundamentação. Tentam incriminar adversários políticos e obter condenações prévias junto à opinião pública. É uma forma de jogar a sociedade contra os tribunais superiores. Não raro, cometem erros grotescos, como esse descrito na reportagem. Faltam tempo e imparcialidade para examinar processos. Há, inclusive, os agraciados com cargos comissionados na gestão dos políticos de preferência. É necessário que, em nome do Estado Democrático de Direito, as corregedorias comecem a agir imediatamente. Em respeito ao devido processo legal, urge acabar com a figura do juiz e do promotor que usam o processo para perseguir inimigos e "passar pano" para os amigos.

Clique aqui e leia a reportagem do UOL.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Gabinete de Jair Bolsonaro abasteceu 'rachadinha' por meio da filha de Queiroz

Postagem nas redes sociais indicando que Nathália trabalhava no Rio de Janeiro no mesmo período em que estava lotada no gabinete de Jair Bol...