RÁDIO KATIVA WEB

terça-feira, 15 de maio de 2012

Moradores põem a mão na massa para melhorar situação de bolsão




Pitaco do blog
Esse tipo de "obra" do governo não aparece no jornal confeccionado pela Prefeitura com recursos públicos. Também, não é divulgado na internet ou nos diversos outdoors espalhados, com o dinheiro dos nossos impostos, pela cidade.
Vale lembrar que os moradores do Bairro Vieno sofrem com o abandono dos governos há mais de 30 anos. Quando o poder público aparece, é para fazer esse tipo de "obra", que só não causará maiores perigos porque a própria população colocou a mão na massa e resolveu cercá-la.

6 comentários:

Aristeu disse...

É isso aí. O povo tem que dar o exemplo. Ficar esperando na boca é coisa de filhote de passarinho.

Iconoclasta disse...

Realmente é uma vergonha! O poder público que deveria reunir todos recursos necessários desde o fornecimento de materiais até corpo técnico especializado para melhor prestar serviço a comunidade que paga seus impostos, é ela(o povo) que vai corrigir a lambança criada pelo Novo Modelo, isso é pra acabar com qualquer um! Ainda jogam raspa(lixo asfáltico) nas ruas de terra depois de tanto prometerem asfalto de verdade. Ainda não acreditam quando a pesquisa mostra que a opinião pública vai contra a reeleição.

Anônimo disse...

Será que a Cristina Griep tem algum projeto para isso? Ou ela já desistiu de projetar?

Anônimo disse...

O governo Marcos Coelho ficará conhecido como o governo de paliativos. O governo que mais colocou parentes em função pública. O governo do concurso público do engôdo. O governo da perseguição á servidores. Um governo que nada fez para melhorar salários e condições de trabalho de servidor. O governo Marcos Coelho que inchou a máquina com cargos de confiança. Governo que aceita ingerências de vereadores moleques. Governo da mentira.Governo de fakes e parentes que o defendem nas redes sociais. Governo do aumento de IPTU. O governo que nos envergonhou várias vezes com a ladainha do hospital municipal. Um governo leitores, que uma servidora identificou irregularidades e foi punida por ser honesta. O governo da carta aberta. Governo que derrubou eucaliptos e puniu amendoim. Governo que falou em privatizar a SAE. Governo do Pastor Administrador e do caso do açucar superfaturado. Governo da secretária que invade rádio cerceando a liberdade de imprensa. Governo que prometeram ônibus de graça e depois desdisseram ( né Zé Vitor?). Governo dos salgadinhos na Ação Social. È o governo que mais perdeu ações trablhista para o servidor. Governo do despreparo. Governo que até hoje foi incapaz de separar o público do privado. Governo da falta d eforça política.
Governo do desgoverno, da falta de administração e do amadorismo. Governo que "deu o toco" e depois tirou-o da praça. Governo que enfeiou nossas praças. Governo do trânsito mal organizado. Governo da raspa que dá sobras ao Vieno. Governo da Nora, do sobrinho, do cunhado. Governo que não é do povo. e que esse governo prove o contrário aqui.

Anônimo disse...

Muito boa a definiçao desse (des)governo, pelo anonimo das 11:31, que na realidade é um governo de B........ não é atoa que Araguari lá fora é conhecida pela B... de Araguari. Na verdade nao é a cidade que é uma B..... mas seus governantes.

Anônimo disse...

Tiro o chapéu pro anônimo do dia 15 às 11:31. Seu comentário não poderia ser mais perfeito. Temos tantas coisas em desfavor a este prefeito que não acredito, não mesmo, quando dizem que nada tira a reeleição desse ogro. É o governo do asfalto e do concreto, dos parentes dele na prefeitur. Tb não devemos esquecer dos anteriores, que foram pessimos tb. Marcos Alvim manteve a esposa oito anos na Ação Social, enriqueceu o sobrinho, deixou um elefante branco. Agora o tb ex prefeito miguel de oliveira vem com papinhos de lição de moral, todos os que passaram fizeram merda. Quando teremos um prefeito realmente à altura de Araguari? Vamos batalhar para isso! Não votemos no menos ruim. Se não há opção, vamos anular ou votar em branco!

Postagem em destaque

MPMG apura irregularidades no pagamento de licença-prêmio

  Inquéritos civis em tramitação na Curadoria do Patrimônio Público do Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG) investigam irregu...