RÁDIO KATIVA WEB

segunda-feira, 26 de março de 2012

Confiança ou conivência?

O secretário Sílvio Póvoa está sendo processado por improbidade administrativa por prejuízo e irregularidades no "Caso dos Eucaliptos". O que o prefeito fez? Manteve ele no cargo. O ex-secretário Clever Lima também é reu nesse mesmo processo. O que o prefeito fez? Exonerou ele do cargo, mas depois o nomeou para procurador do município. A então diretora de Saúde Iolanda Costa é citada no relatório da "sindicância do mamógrafo" como uma das envolvidas nas irregularidades ocorridas no Pronto Socorro Municipal. O que o prefeito fez? Deu-lhe uma espécie de promoção, nomeando-a secretária de Saúde.
Alguns dirão que o prefeito está certo. Afinal, existe a tal presunção de inocência. Traduzindo: ninguém pode ser considerado culpado até o julgamento (condenação) final. Logo, essas pessoas deveriam permanecer nos cargos.
Ocorre, porém, que existe um outro princípio que deve ser observado. Falo da moralidade. O agente público não deve apenas ser honesto. Deve parecer honesto. Como dizia o meu saudoso pai, "aí a porca torce o rabo". Nessa linha, pessoas processadas judicial e administrativa parecem honestas o suficiente para ocuparem cargos públicos? É igualmente honesto manter em cargos públicos pessoas processadas por  supostas irregularidades?
Há algumas conclusões possíveis no caso. Ou o prefeito tem ciência de que essas irregularidades não ocorreram e, por isso, confia piamente na honestidade e competência desses seus auxiliares diretos. Ou ele, sabendo que as irregularidades existiram, acredita na impunidade. Nesta última hipótese, o prefeito estaria, no mínimo, sendo conivente com essas práticas. Estaria, em suma, sinalizando para os seus subordinados e para a sociedade que vale a pena cometer irregularidades e causar prejuízos ao município. Enfim, o crime compensaria. Isso é perigoso. Esse tipo de procedimento do Chefe do Executivo deveria ser melhor observado pelo Ministério Público e, sobretudo, pelos eleitores.

12 comentários:

Aristeu disse...

São comparsas. Somente isto.

Anônimo disse...

hoje aconteceu um triste caso na sec de saude, um preconceito que uma diretora humilhou um funcionário por causa de sua preferençia sexual, proibindo o funcioário de usar o banheiro feminino, em 2012 ainda acontece esses fatos, funcionários ficarão revoltados com essa situação, e essa diretora se diz psicolaga, nunca vi tanto abuso de poder, essa diretora deveria ter um pouco de respeito com o ser humano, aguarde porque essa estória ainda não terminou. que absurdo é esse prefeito?

Anônimo disse...

Não foi só a dita psicologa, mas tambem uma cargo de (des) confiança que tambem se acha ser chefe na secretaria de saude, Abaixo o preconceito.

Anônimo disse...

Secretária de saude fez hoje uma reuniao no patio pra proibir descriminaçao na secretaria de saude,realmente é inaceitavel. Problema sexual cada um resolve o seu e cuida da sua vida.

Anônimo disse...

ummm nesse tipo de assunto ela interessa de discutir né

Anônimo disse...

sexta feira será realizada uma parada gay em frente a sec de saude , para protestar contra esse tipo de preconceito, virá até um grupo de uberlandia para esse protesto, conto com todos apartir das 14 horas.

Anônimo disse...

Boa ideia essa da parada Gay em frente a secretaria de saude, vamos exigir respeito com todos os seres humanos.

Anônimo disse...

uma burrada atras da outra esse povo da saude nao da uma dentro e de que lado a Iolanda vai fica

Anônimo disse...

Me passa um telefone par a gente poder chamar a tv para cobrir.
Quem pode dar entrevista sobre a parada ?

Anônimo disse...

A transexual servidora publica foi impedida de utilizar o banheiro sanitário na secretaria de saúde por uma diretora que alegou que ela possui órgão genital masculino, logo ela é um Homem!
sabe-se que a transexualidade é reconhecida pela OMS (Organização mundial de saúde) como um transtorno de identidade de gênero.
Onde à condição do indivíduo que possui uma identidade de gênero diferente a designado no nascimento, tendo o desejo de viver e ser aceito como sendo do sexo oposto. Usualmente o homens e a mulheres transexuais apresentam uma sensação de desconforto ou impropriedade de seu próprio sexo anatômico, desejam fazer uma transição de seu sexo de nascimento para o sexo oposto (sexo-alvo) com alguma ajuda médica (terapia de reatribuição de gênero) para seu corpo.Penso eu que a Tal psicóloga deveria saber disso, dado o fato de ser ela um profissional da saúde.

A diretora em questão vetou a utilização dos banheiros a Transexual alegando que as mulheres que estavam no local estavam incomodadas com a presença da transexual. Que é Concursada ao contrario dela que é comissionada!

A diretora alega que a trans não poderia utilizar o banheiro feminino, porem os banheiros não tem nenhuma descriminação sobre qual era qual.

Casos assim na secretaria de saúde de Araguari tem se tornado cada vez mais comum, Visto que a mesma já havia passado por tratamento preconceituoso partindo de uma outra cargo de(Des)confiança tbm citada nos comentários acima que se acha chefe na secretaria! Na Ocasião a trans estava sentada com mais três colegas quando a Cargo Comissionado chegou e perguntou: Qual dos Quatro ai é mais Homem? Acho isso não somente e desrespeitoso mais tbm desumano sabendo do transtorno vivido pela trans! Sendo essas mulheres profissionais da saúde deveriam ler mais, se instruírem mais a cerca do tema em questão! Afinal se não tem psicológico para tratar com respeito a diversidade, que fiquem em suas casas e ou procurem algo de util para fazerem! Já esta mais que provado que o "Novo Modelo de Administração" tem sido o câncer de nossa cidade, e espero profundamente que isso não acabe em pizza e essa trans não se renda as ameaças (Se ja não foi feito pode esperar que farão) e exija que essas senhoras sejam punidas pois a impunidade aumenta a violência!!!

Unknown disse...

Náuseas...

foi o primeiro sentimento que me ocorreu...

Anônimo disse...

nossa amei ...
que ela possui órgão genital masculino, logo ela é um Homem!
sabe-se que a transexualidade é reconhecida pela OMS (Organização mundial de saúde) como um transtorno de identidade de gênero.
Onde à condição do indivíduo que possui uma identidade de gênero diferente a designado no nascimento, tendo o desejo de viver e ser aceito como sendo do sexo oposto. Usualmente o homens e a mulheres transexuais apresentam uma sensação de desconforto ou impropriedade de seu próprio sexo anatômico, desejam fazer uma transição de seu sexo de nascimento para o sexo oposto (sexo-alvo) com alguma ajuda médica (terapia de reatribuição de gênero) para seu corpo.Penso eu que a Tal psicóloga deveria saber disso, dado o fato de ser ela um profissional da saúde.

A diretora em questão vetou a utilização dos banheiros a Transexual alegando que as mulheres que estavam no local estavam incomodadas com a presença da transexual. Que é Concursada ao contrario dela que é comissionada!

A diretora alega que a trans não poderia utilizar o banheiro feminino, porem os banheiros não tem nenhuma descriminação sobre qual era qual.

Casos assim na secretaria de saúde de Araguari tem se tornado cada vez mais comum, Visto que a mesma já havia passado por tratamento preconceituoso partindo de uma outra cargo de(Des)confiança tbm citada nos comentários acima que se acha chefe na secretaria! Na Ocasião a trans estava sentada com mais três colegas quando a Cargo Comissionado chegou e perguntou: Qual dos Quatro ai é mais Homem? Acho isso não somente e desrespeitoso mais tbm desumano sabendo do transtorno vivido pela trans! Sendo essas mulheres profissionais da saúde deveriam ler mais, se instruírem mais a cerca do tema em questão! Afinal se não tem psicológico para tratar com respeito a diversidade, que fiquem em suas casas e ou procurem algo de util para fazerem! Já esta mais que provado que o "Novo Modelo de Administração" tem sido o câncer de nossa cidade, e espero profundamente que isso não acabe em pizza e essa trans não se renda as ameaças (Se ja não foi feito pode esperar que farão) e exija que essas senhoras sejam punidas pois a impunidade aumenta a violência!!!

Postagem em destaque

Caiu na rede....