RÁDIO KATIVA WEB

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Todos são iguais, mas alguns são mais iguais que os outros

Interessante notícia publicada no Correio Braziliense de hoje (http://www.correiobraziliense.com.br/impresso/ ) nos dá conta de que os nossos nobres Deputados Federais estão tentando burlar a fila de distribuição do remédio Tamiflu, usado no combate à gripe suína. Se não fosse trágico, seria até engraçado o pedido, uma vez que justamente aqueles que têm espírito de porco é que estão querendo fugir da gripe suína.
Vejam:

Câmara tenta furar fila

Deputados pedem 1.500 kits de Tamiflu, mas Secretaria de Saúde local avisa que não vai liberar

Rodrigo Couto

Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press
Agora, com a gripe, a Câmara pede que os turistas lavem as mãos ou utilizem o álcool antes das visitas guiadas


Com medo da Influenza A (H1N1), mais conhecida como gripe suína, a Câmara dos Deputados decidiu pedir 1,5 mil kits de tratamento do Tamiflu (fosfato de oseltamivir) — remédio indicado para o tratamento da doença — ao Ministério da Saúde. A solicitação foi entregue pessoalmente ao ministro José Gomes Temporão pelo presidente da Casa, deputado Michel Temer (PMDB), na terça-feira, durante a comissão geral que debateu a nova gripe. Procurada pelo Correio, a pasta informa que recebeu o pedido da Câmara. No entanto, esclarece que é de responsabilidade das secretarias dos estados e do Distrito Federal a distribuição do fármaco.

Em ofício entregue ao ministro da Saúde, a Câmara argumenta que a grande circulação de visitantes de todo o país e do exterior, além dos funcionários, que chega a ultrapassar a marca de 26 mil pessoas por mês, é um fator que faz da Casa um local suscetível à nova gripe. “Antes desse pedido, instalamos 60 dispensers com álcool em gel pelos corredores, incluindo os plenários e o salão verde, e passamos a oferecer informações sobre a doença aos nossos visitantes”, disse Rômulo Lima, coordenador de Administração de Edifícios da Câmara.

Apesar de a assessoria de imprensa da Câmara dizer que o Governo do Distrito Federal (GDF) vai repassar os kits de Tamiflu, a Secretaria de Saúde do DF adiantou que não houve qualquer pedido e que o remédio não será entregue à Casa. A assessoria do órgão salientou ainda que o medicamento será distribuído apenas aos pacientes que se enquadrarem no protocolo do Ministério da Saúde — febre igual ou superior a 38º, tosse, dores de garganta e muscular. Ainda de acordo com a secretaria, o fármaco não vai ser remetido a nenhum órgão, seja qual for.

Um comentário:

Aristeu disse...

Esses caras precisam de tamiflu quando estiverem em campanha política, no meio do povo - Único instante de aglomerações de suas vidas.

Postagem em destaque

Prefeito eleito indica equipe de transição

Major Renato Carvalho divulgou hoje os nomes da equipe de transição. São 33 pessoas, sob a coordenação da vice-prefeita Maria Cecília Araú...