sexta-feira, 14 de junho de 2019

Nova versão do velho apadrinhamento


Governo Federal (Poder Executivo), em vez de realizar concursos públicos, está, cada vez mais, terceirizando atividades típicas de servidores efetivos. É uma forma de driblar o concurso público, para abrigar os "peixes".

Na verdade, é um novo modelo de apadrinhamento. Como nos mostrou a Folha de S. Paulo, para ser contratado e prestar serviços em empresas contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT, o candidato terá que responder a um questionário com teor político e ideológico. Simplificando: terá que falar bem do governo Bolsonaro.

Nenhum comentário: