terça-feira, 11 de junho de 2019

Jabutis na árvore


A Assembleia Legislativa de Minas Gerais - ALMG possui centenas de funcionários comissionados ocupando ilegalmente cargos técnicos (que deveriam ser preenchidos por servidores concursados). Guardadas as devidas proporções, situação parecida com a de Araguari. Aqui, comissionados ocupam, por exemplo, cargos técnicos na Procuradoria-Geral do Município, sob o olhar complacente de quem deveria fiscalizar a gestão pública.

Saiba mais sobre a farra na ALMG lendo a reportagem da Folha de S. Paulo (clique aqui)

Nenhum comentário: