domingo, 27 de janeiro de 2019

Existe fiscalização?!


No caso de Brumadinho, a procuradora da República Monique Cheker fez uma pergunta muito pertinente. Por que os funcionários da Vale só ficaram sabendo do rompimento quando a lama de rejeitos já estava chegando na sede da Vale, a 1.600 metros da barragem? Não existia um único sistema de alerta.

Nenhum comentário: