quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

COAF aponta movimentação atípica em conta de ex-assessor de Flávio Bolsonaro

O ex-assessor movimentou R$ 1,2 milhão em 12 meses, tendo emitido um cheque de R$ 24 mil para a esposa do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

MPF investiga mensalinhos de deputados fluminenses. Dez deles foram presos (clique aqui). Durante as investigações, no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeira (COAF), apareceu uma movimentação atípica na conta de um policial militar, que era motorista e segurança do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio. O assessor recebia R$ 20 mil por mês, mas, em 12 meses, movimentou R$ 1,2 milhão. Ainda, emitiu um cheque de R$ 24 mil para Michele Bolsonaro, esposa do presidente eleito, Jair Bolsonaro. 

Clique aqui e leia a reportagem completa no Estadão.

Nenhum comentário: