quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Pasárgada


Imagine se em Pasárgada o Ministério Público deixasse de investigar os crimes praticados por alguns políticos, mas desandasse a perseguir quem ousou denunciar esses ilícitos?

Nenhum comentário: