segunda-feira, 23 de abril de 2018

Aloísio: o cheiro de Araguari


Araguari chora a perda um grande jornalista. Deixou o nosso convívio Aloísio Nunes de Faria. O que falar dele?

Para mim, um exemplo. Conheci Aloísio na época do Jornal de Araguari. Como assinante do jornal, passei a conhecer e admirar o seu trabalho.

Mais recentemente, em 2009, ele foi o responsável pelo surgimento deste blog. Ao ter a ideia de criar um espaço de controle social, socorri-me dos conhecimentos do editor do Portal de Araguari a respeito da blogosfera (expressão muito usada por ele). A escolha do Blogger (que até hoje hospeda o site) e, até mesmo, os primeiros passos na formatação da página foram influenciados por ele.

Aspectos marcantes da personalidade do Aloísio: o  caráter e o inegável amor por Araguari. Um exemplo. Mesmo eu sendo um crítico da administração municipal, sempre fui muito bem recebido por ele, na época em que trabalhava na FAEC. Grande democrata, jamais reclamou de algum questionamento feito pelo blog. Ao contrário, quando eu buscava informações sobre as relações de JK com Araguari, ele me atendeu muito bem. Com direito a cafezinho e boa prosa, tive um aula sobre a história da cidade que ele conhecia e amava como poucos. 

Por fim, um lamento. Infelizmente, não foi possível cumprir a promessa de realizar, aí em Araguari, um encontro entre o Aloísio e o Dr. Ronaldo Costa Couto, um dos maiores conhecedores da obra de JK. Mas, faço adaptação de um texto do escritor mineiro, para dizer que Deus, agora, está mais contente. Com a chegada do Aloísio, o Céu passou a ter o cheirinho gostoso de Araguari. Que Ele conforte os familiares e amigos!

Nenhum comentário: