domingo, 31 de dezembro de 2017

2018: fake news


2018. Ano eleitoral. Não de eleição comum. Mas sim da mais suja da história deste país. Em muitos casos, as notícias falsas decidirão quais serão os eleitos. 
Nenhuma  novidade! As fake news já contaminaram, até mesmo, o processo eleitoral norte-americano. Há indícios de terem contribuído, também, para a ascensão da extrema-direita na Alemanha e o resultado do Brexit (Reino Unido saindo da União Europeia).
No Brasil, o estrago será ainda maior. Basta notar que, há alguns anos, a criação e a destruição de imagens visando às eleições de 2018 já estão em pleno vapor nas redes sociais. Além disso, aqui, a facilidade de acesso à informação (na palma da mão) não se fez acompanhar de uma educação de qualidade. Logo, sem espírito crítico, boa parte dos brasileiros será facilmente manipulada por  imagólogos, que sabem muito bem explorar uma internet sem controle. 
Insinuações serão transformadas em verdades. O real será desvirtuado. Mentira: a grande vencedora das Eleições 2018!

Nenhum comentário: