quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Desvio de foco?


O Correio de Araguari publicou notas reclamando das más condições de trabalho oferecidas aos advogados públicos municipais. Ninguém é favorável ao trabalho em ambiente inadequado. Entretanto, algumas denúncias recebidas pelo blog demonstram que aparentemente a Procuradoria-Geral enfrenta outros problemas de maior gravidade. Um dos questionamentos aponta que cargos exclusivos da advocacia pública estariam sendo ocupados indevidamente por comissionados sem vínculo efetivo (leia-se: não concursados). Outra indagação frequente é sobre a (i)legalidade de comissionados com dedicação exclusiva estarem supostamente exercendo advocacia privada durante o horário de expediente na Prefeitura. 

Nenhum comentário: