quinta-feira, 13 de outubro de 2016

População protesta contra aumento de salário dos vereadores em Araguari

O aumento do salário dos vereadores e do prefeito foi aprovado na calada da noite. Um grupo de cidadãos não concordou. Foi à luta. A partir das redes sociais, organizaram uma manifestação na Câmara.

Como a banda podre da imprensa local vem tentando desqualificar mais esse movimento social, vamos enfatizar as reportagens de veículos menos contaminados com a politicagem local.

Vejam a matéria do UIPI:



Imagem: Reprodução Web TV Araguari

Nesta manhã de 11 de outubro, aproximadamente 20 moradores de Araguari manifestaram na Câmara Municipal contra oaumento dos salários dos vereadores aprovado pelos parlamentares. O reajuste de 20% foi votado e aprovado, no dia 30 de setembro, antes das eleições.

As mudanças salariais passam a valer a partir do dia 2 de janeiro de 2017. O salário dos vereadores, que era de R$ 10 mil terá aumento de dois mil reais. Atualmente, o prefeito ganha mensalmente a quantia de R$ 18 mil. Com a nova lei, o salário vai para R$ 22 mil. O de vice-prefeito continua o mesmo: R$ 14 mil.


Imagem: Reprodução Web TV Araguari

Para os moradores, o aumento não condiz com a realidade da cidade e argumentam que nenhum cidadão tem reajuste de 20% nos salários, portanto é imoral que os vereadores aprovem tal percentagem para si mesmos.

Segundo o presidente da Câmara Giulliano Sousa Rodrigues (PTC), o valor foi segundo o índice de inflação dos últimos anos (2013 a 2016).

Os manifestantes ainda reclamam que a votação foi feita sem que os moradores soubessem. Rodrigues volta a contestar dizendo que a votação do projeto foi transmitida ao vivo e as sessões são abertas ao público.

Uma petição com mais de mil assinaturas pede a revogação da decisão, mas o presidente da Casa Legislativa responde: “Não temos como voltar atrás”. O projeto de aumento já foi sancionado pelo prefeito Raul Belém (PP).

Nenhum comentário: