quinta-feira, 14 de julho de 2016

Tapa na cara da população

Gazeta do Triângulo, coluna Radar, 11/06/2016

Escárnio. Não encontro outra palavra melhor para resumir a sensação que tive ao ler a informação de que o deputado Arnaldo Silva Júnior pretende transformar em livro a história do Hospital Municipal. Aquele que nunca entrou em funcionamento devido a irregularidades na sua construção. O tapa acerta em cheio também a cara do Ministério Público Federal, que continua lutando para punir os responsáveis e recuperar o dinheiro público desperdiçado.

Um comentário:

Ianis disse...

Prezado Antônio Marcos,

Pensar livre pensar:

O enfadonho e nojento assunto HOSPITAL MUNICIPAL DE ARAGUARI é fogo em turfa.

Vai virar livro ?! Filme ?!

Vai a sutil SUGESTÃO:

(...)
O MARCO de uma MÁ GESTÃO. Hospital Municipal de Araguari, a essência da arte político-jurídica da ENGAMBELAÇÃO.
(...)

Queimará por 20 anos ininterruptamente, até o alvo ser atingido:

- A PRESCRIÇÃO DE PROCESSOS, onde não há RESPONSÁVEIS pela má gestão do recurso público, senão o próprio ELEITOR, ao escolher seus REPRESENTANTES no Executivo e no Legislativo.

E pelo jeito, sem recurso algum junto ao Judiciário, para consertar um ENGANO EXTEMPORÂNEO.

A instalação de um Pronto Socorro, Postinho, ou qualquer coisa que o valha, aos olhos de Cidadãos simples, era remediação.

- ENGAMBELAÇÃO. ABAFÃO !!!

A instalação da Corporação de Bombeiros neste Empreendimento INSERVÍVEL ao seu PROPÓSITO REAL, é a maior GAMBIARRA POLÍTICA que eu tenho notícia em nossa região, nos últimos anos.

Nestas PICARETAGENS JURÍDICO-POLÍTICAS, normalmente se colocam PANOS QUENTES.

Consumiram quase quatro milhões. Mais um milhão, consumirão.

Esta aí é TAMANHA, que a TROPA PRONTA de COMBATE A INCÊNDIOS será instalada em cima da brasa fumegante, a quem quiser enxergar...

E nada de HOSPITAL. Nada de CORPORAÇÃO.

#IMPUNIDADE nojenta !!!

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.