quinta-feira, 2 de junho de 2016

PT denuncia ao MPF irregularidades no contrato de gestão da UPA


O Diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) de Araguari denunciou ao Ministério Público Federal (MPF) em Uberlândia possíveis irregularidades na contratação da entidade Missão Sal da Terra para gerir a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguari.

A denúncia argui, em suma, a transferência integral da gestão da unidade de saúde a uma entidade privada. Segundo o seu texto, a iniciativa privada somente pode prestar serviços ao Serviço Único de Saúde (SUS) de forma complementar. Assim, o contrato de gestão questionado violaria a Constituição Federal e as Leis nºs 8.080 e 8.142/1990.

Um comentário:

Anônimo disse...

Ja nao basta a politicagem ainda usam agora a religiao, porque so pessoas que pertencem a uma determinada religiao tem o direito de ter a oportunidade de um trabalho, bom se desde do começo ja existe o preconceito entao acredito que sera um pessimo atendimento, pois nao acredito que uma determinada religiao seja melhor que as outras, afinal Cristo pregava a palavra de Deus e nao religiao. Para mim isto se resume em hipocrisia, pois Cristo nunca teve a distinçao de pessoas. Fui testemunha que na entrevista perguntaram que religiao eu sou e por ser uma determinada religiao que estar tomando conta das contrataçoes seram apenas pessoas desta religiao. ISTO É APENAS IGNORANCIA E HIPOCRISIA. Ministerio Publico sei que para voces nao existe a discriminaçao de religiao, entao acredito que voces vao tomar as devidas providencias sobre isto.