sábado, 13 de dezembro de 2014

Sorteio natalino

De saco cheio! Tanta corrupção praticada na República. Em qualquer instância: federal, estadual, distrital e municipal. Com o saco cheio, mas comemorando os mais de quinhentos mil corajosos acessos ao blog, vesti, então, a fantasia de "Bom Velhinho". Hou, hou, hou... Bem-vindos, então, ao Natal do blogueiro que, como vociferam os maus governantes, não gosta de Araguari. 



Irei sortear de acordo com o resultado da Loteria Federal os seguintes brindes:

  • 1 (uma) bolsa de estudo para qualquer curso do Projur (para 2015, estão previstos, entre outros, os concursos para o Tribunal Regional do Trabalho, Prefeitura Municipal de Araguari e Secretaria de Educação, Universidade Federal de Uberlândia, etc.);



  • 3 (três) exemplares do livro "O Nobre Deputado", do juiz Marlon Reis, pra vocês descobrirem como funcionam os esquemas de corrupção montados por parlamentares, prefeitos e empresários (os políticos obviamente já sabem);
  • 1 (um) livro "O diabo está lá fora", de Miguel Patrício e Julio Quinan, baseado na história real do serial killer Orlando Sabino, que assombrou o Triângulo Mineiro na década de 70.
Regras do jogo:
1) participação gratuita;
2) sorteio pela Loteria Federal do dia 20;
3) cada participante receberá um número (dezena) para concorrer;
4) por uma questão de justiça, os ganhadores do primeiro sorteio não participarão do segundo, mas é possível a mesma pessoa ganhar mais de um prêmio no mesmo dia se coincidirem os números dos prêmios da LF;
4) os livros serão entregues na casa do ganhador, sem custo algum;
5) inscrições mediante comentários a este post ou via e-mail: marcos@observatoriodearaguari.com ou via comentários ao post no Facebook (favor informar, pelo menos, o nome completo) até as 18 horas de quarta-feira (17/12). Se sobrarem livros, novas inscrições até as 18 horas de sábado (20/12).

1º prêmio: uma bolsa de estudos Projur;
2º ao 4º prêmios: livro "O nobre deputado";
5º prêmio: livro "O diabo está lá fora".

Critérios: ganha aquele que tiver a dezena correspondente a cada prêmio. Exemplo: número sorteado: 17.325, o ganhador é o da inscrição 25.
Não sendo sorteada a dezena idêntica ao número de inscrição, ganha o que tiver a unidade correspondente. Nesse caso, se o número de inscritos for superior a 10 (dez), o prêmio será daquele que tiver a dezena com a mesma unidade mais próxima ao número sorteado. Acima ou abaixo, nessa ordem. Exemplo: número sorteado: 17.325, o ganhador será o que tiver o número de  inscrição (dezena com a mesma unidade) mais próximo da dezena 25, acima ou abaixo, ou seja: 35 ou 15 ou 45 ou 05 ou 55 ou 65 ou 75 ou 85 ou 95 [o mais próximo exclui o(s) seguinte(s)].

Obs.: atualizado dia 14/12 às 17h28, a fim de fixar a data única do sorteio para o próximo sábado, 20.

5 comentários:

Anônimo disse...

Adoro leitura! Quem sabe eu tenho sorte e consigo ganhar um desses livros. Como admirador d sua constante luta contra as injustiças sociais, leitor e mts vezes comentarista d seu blog eu não poderia deixar d concorrer tbm. Aproveitando, parabéns pelo incessante trabalho.
Elcio M. S. Júnior

Rafael Kesler disse...

Inscrevendo-me! rs. Parabéns pelo nobre trabalho em prol de uma Araguari melhor. Ass. Rafael Kesler

Leilamar Costa disse...

Quero participar deste sorteio. Bota meu nome aí, ok? Parabéns ao Alexandre e ao Antônio Marcos tb pela iniciativa!!!

Luciane de Araújo Santos disse...

Gostaria de participar do sorteio. Luciane de Araújo Santos.

Anônimo disse...

"O diabo está lá fora"! Rsss...me lembro como se fosse hoje...seis anos mais ou menos de idade me escondendo debaixo da cama de medo do Orlando Sabino que tbm passou na zona rural de Tupaciguara onde meu pai que era leiteiro recolhia o leite...chegou em casa contando, como td criança ingênua eu chorei o dia td de medo. Em Tupaciguara pesquisei sobre e conheci pessoas antigas que guardam traumas e seqüelas dessa passagem dele por lá. Em 2012 organizei, com o apoio do presidente da câmara, um momento na própria Câmara Municipal para que o jornalista Pedro Popó lançasse o seu livro "O monstro de Capinópolis" e por algum tempo fui sua intermediária na venda do livro para aqueles que se interessavam e não puderam estar no evento. Valorizo muito nossos escritores regionais e viajo no tempo lendo as histórias por eles contadas, principalmente quando acontecidas próxima a mim ou a minha cidade...parabéns pela brilhante idéia caro Auditor!