quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Coletivo: aumento no preço da passagem pega usuários de surpresa



Fonte: Linha Dura Araguari, TV Vitoriosa.

Pitaco do Blog

Na surdina, a Prefeitura aumentou o preço das passagens do transporte coletivo. Publicidade zero! Os usuários só ficaram sabendo da majoração quando entraram no ônibus. Isso é típico da falta de planejamento. Mas, no caso das ligações entre o Município e a Sertran, o problema pode ser um pouco mais grave.

Conforme demonstramos aqui, a contratação dessa empresa acha-se cercada de dúvidas. Os maiores questionamentos são quanto à legalidade da celebração de sucessivos contratos, desde agosto de 2013, sem a devida licitação. Também merece destaque a estranha participação do procurador-geral do município, senhor Leonardo Borelli, no primeira contratação. Embora os sinais de irregularidades estejam escancarados, Câmara de Vereadores e Ministério Público (sabem de nada, inocentes!) acreditam que está tudo às mil maravilhas.

Com problemas congênitos, o contrato não poderia produzir bons frutos. O que está retratado na reportagem é a pura realidade. Insuficiência de linhas e de horários. Reduzido número de pontos de ônibus, boa parte deles em péssimas condições. Ônibus em mal estado de conservação e sem acessibilidade. De brinde, um aumento da passagem! E assim, sobre os trilhos da incompetência e flertando com a ilegalidade, a gestão Raul Belém segue seu trajeto rumo ao nada.  

Vejam outras informações sobre o assunto:
Transporte coletivo: sobram dúvidas e faltam verdades.
Transporte coletivo: novela com muitas dúvidas e pouca ética.
Transporte coletivo: empresa contratada é investigada por fraude em licitação.
Expresso Cidade deixa o transporte coletivo.
Chega de incompetência!
Transporte coletivo sem licitação.


2 comentários:

Ianis disse...

Prezado Auditor,

(...)
Nem é preciso desenhar para demonstrar que esta edição do Radar deixa bem claro a qualquer Araguarino que tenha o mínimo de discernimento e compreensão, AS EVIDÊNCIAS do grau de comprometimento dos Nobres Edis, REPRESENTANTES do povo, com os interesses da coletividade, do seu eleitor.

Hajam pedras no caminho, do Cidadão.
(...)

Fonte:
http://gazetadotriangulo.com.br/tmp/colunas/radar-evidencias/#comment-8398

As evidências da preocupação dos Nobres Edis com o "coletivo" é tamanha, que extrapolam as raias da paranomásia...

Tá bom. Sei que me excedi no trocadilho, de forma semelhante a que todos excedemos nos dezessete, e noves fora, nada.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

Aumento de passagem, mas deve voltar o preço de 2,10 agora ne pois o acordo era de colocar onibuns extra, mas como este onibuns foi parado pela policia e foi recolhido pois estava com a documentaçao totalmente irregular então nao tem justificativa para aumeto de passagem, sem onibuns sem aumento não é assim que tem que ser? Agora onde ta a fiscalização do departamento de transito, ha ta em carater emergencial nao se pode cobrar nada ne, esqueci deste detalhe. É tampando o sol com a peneira.