quarta-feira, 26 de novembro de 2014

São Judas: transporte coletivo gera reclamações



Fonte: TV Vitoriosa.

Pitaco do blog

Mais do mesmo. A má qualidade do serviço de transporte coletivo é notória. Só os governantes não veem.
Tudo isso é fruto da falta de planejamento. Da incompetência. E, por que não dizer, dos fortes indícios de má fé dos nossos gestores.
Todos se lembram como ocorreu a contratação da atual concessionária. As suspeitas são muitas. Falamos aqui da estranha participação da Procurador-Geral do Município, senhor Leonardo Borelli, na contratação sem licitação da empresa Sertran. Condutas indicativas da ocorrência de fraudes na escolha da nova concessionária. Suspeitas suficientes justificar a investigação criminal dos fatos, mas que não conseguiram atrair a atuação da inoperante Promotora de Justiça Leila Benevides.
Tudo que começa mal tende a terminar mal. No serviço público é assim também. Uma empresa contratada dessa forma estranha, dificilmente, irá se submeter ao poder público e prestar um bom serviço à sociedade. Se é que os nossos governantes estão realmente preocupados com os usuários do transporte coletivo.

Clique nos links e veja alguns posts sobre as suspeitas de irregularidades na contratação da Sertran:


Transporte coletivo: sobram dúvidas e faltam verdades



Caso Sertran: vereadora suspeita da atuação do procurador-geral

5 comentários:

Ianis disse...

Prezado Auditor,

(...)
Suspeitas suficientes justificar a investigação criminal dos fatos, mas que não conseguiram atrair a atuação da inoperante Promotora de Justiça Leila Benevides.
(...)

Reza a lenda ...

- CARAMBA !!!

Lesa a renda ...

Qual é mesmo aquele Santo patrono das causas desesperadas e das causas perdidas ?!

Quem não possui as SUAS prerrogativas, que APELE a ele.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

Condordo plenamente com o comentario Ianis, nada é feito e ainda estar ai, o que dé a entender que quanto mais reclamações são feitas mais contrato emergencial com a mesma empresa é prorrogado e agora é de + 180 dias, so pergunto cade a comissão de transito da Camara que não toma providencias,cade o departamento de Transito que nao poe um fim nisto tudo setá que realmente é feito as fiscalizações corretas, pois inrregularidades estão a vista para serem vista, cade os elevadores dos onibuns, pois o que tem não funciona, tiram onibuns de uma linha para colocar em outra pois nao tem reserva, sempre atrazados, isto quando passa, e nós os coitados funcionarios que nem banheiro e agua para beber, cade o MP que não toma medidas para impedir mais coisas erradas, cade a investigção do Tribunal de Contas que nao barra isto tudo, pois o povo reclama e tudo continua como se tudo fosse a mil maravilhas. Ta prescisando de eleição mas que possa mudar é tudo, Tribunal de Contas, Ministerio Publico, Departamento de transito e prefeitura, talvez o povo toma-se providencia com as proprias mãos teria resultados. A unica soluçao no momento é mudança de empresa mesmo que seja em carater emegencial, porque sempre a mesma, o que da a entender que alguem ta lucrando com isto. São Miguel, Sorriso, Transduarte, a São Bento, será que nao existe outras empresas no mercado é por sinal são vizinhas ne. Existem varios consorcios no Brasil, entao pergunto porque sempre a mesma empresa, alguem se atreve a responder? Bom pelo que a população tem sofrido e reclamado nao venha me dizer que é um serviço de qualidade por isto que ainda continua.

Anônimo disse...

Infelizmente a predileção pela empresa de Sertãozinho é tamanha, que até a sua desafeta São Bento foi preterida do processo licitatório por duas vezes. A SERTRAN já enfrentava dois processos referentes à irregularidades em licitações no Estado de São Paulo, e mesmo assim em todas as contratações para o transporte coletivo feitas em Araguari, ela conseguiu desbancar a São Bento. Alguém pode me explicar como a São Bento pode fazer o transporte dos universitários mas não pode oferecer o transporte dentro da cidade? Para finalizar: a Promotoria Estadual também agiu em defesa da SERTRAN enviando um dos seus Oficiais de Justiça que impediu a São Bento de participar do processo licitatório por suspeita de que não possuía os veículos necessários, enquanto a SERTRAN não era suspeita de nada mesmo estando sob investigação!!!
Como disse Renato Russo: QUE PAÍS É ESTE?

Anônimo disse...

Meu caro anonimo 02 de dezembro 16:08 suas indagações não são apenas suas e sim da populaçao em geral, porque sera a tamanha preferencias pela Sertran, olha se a gente fosse por em pratos limpos muita coisa errada viria a tona principalmente quem colocou esta empresa aqui em Araguari, agora te pergunto existe mais alguem tirando o poder publico,que quer esta empresa aqui? Alguem concordaria que prestam um serviço de qualidade? Sendo que os proprios funcionarios tem uma enorme lista de reclamações. Mesmo em carater emergencial ela esta sendo paga com o dinheiro do povo e o povo estar satisfeito com o serviço? NÃO. Agora vem com a conversa que a empresa estar muito insastifeita e que pode quebrar o contrato a qualquer momento. Bom deve estar usando isto com pretesco, é facil teremos o maior prazer em dizer Adeus, nós queremos e um serviço que funciona e que de qualidade de uso principalmente com os nossos deficientes pois merecem respeito e segurança. Denuncias tem muitas e nada é feito apenas contratos agora com mais de 180 dias. É deve existir apenas esta empresa no Brasil, quem sabe deveria buscar no Paraguai. Tenho a certeza que seria bem melhor ou então mande en China. È QUE PAIS É ESTE? QUE CIDADE É ESTA? Prefeito escuta a voz do povo coloca uma empresa que pelo mesmo respeita os deficientes e que os cobradores tenham mais respeito pelos usuarios e nós os deficientes, pelo menos no tempo da outra OS VERDINHOS eram tratados com respeito, mesmo que não tinha elevadores, mas os funcionarios tinha respeito por nós. Triste, muito triste.

Anônimo disse...

Muitos acreditam que pode falar pelo povo, mas no que acredito que a população de Araguari fica é indignada com certa afirmações feita por um representante do povo na camara, esta semana que passou eu ouvi uma reportagem em uma conceituada emissora uma entrevista com um representante e que faz parte da comissão de transito na camara, alegando que deveriamos estar agradecidos pela determinada empresa do transporte estar em nossa cidade e por ela estar em carater emergencial que nada pode ser cobrado, como por exemplo um serviço de qualidade a qual passou longe da realidade mostrada no dia a dia, então usam o dinheiro publico e nada deve ser exigido de qualidade em troca? Então a frase "QUEM MANDA AQUI AGORA SOMOS NÓS" tem um sentido real! Uma coisa posso falar com toda sinceridade, pois sou um usuário deste transporte como tambem de outros que ja passaram pela minha cidade, como por exemplo a Expresso Cidade ela no final nao tinha os melhores onibuns mas uma coisa posso afinar que o diretor desta empresa nunca humilhou o povo de Araguari, ja ouvi comentários dentro do transporte pelos funcionarios que ha algum tempo atras os vereadores convidaram os representantes da atual empresa a comparecer na respeitada casa do poder publico e nunca compareceram e que no momento estaria estacionando o carro na porta e acredito que ate hoje não conseguiram estacionar, pois ate hoje nenhum representante teve o respeito com esta casa a qual é representada pelo povo de Araguari. Ate quando sentiremos esta humilhação? Sim pois temos 180 dias e pode ser mais. É somos mesmo "De um povo heróico o brado retumbante"