sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Usuários do SUS enfrentam demora no atendimento

Imensa fila de pessoas aguardando atendimento médico no antigo Hospital Santa Marta, onde a Prefeitura atende em convênio com a Unipac (foto: Tatiana Borges, via Facebook).

A manhã de sexta-feira está sendo complicada para os cidadãos que necessitam de atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Araguari. De acordo com Tatiana Borges, em postagem no Facebook, dezenas de pessoas aguardam atendimento desde o início da manhã na unidade de saúde onde os serviços de saúde são prestados pela Prefeitura em convênio com a Unipac (prédio do antigo Hospital Santa Marta). Não importam as condições individuais dos pacientes, todos têm que aguardar na extensa fila. Para a Prefeitura, idosos, grávidas, crianças e enfermos, são todos iguais e devem aguardar na fila. 

Essa situação foi agravada pela própria Prefeitura. A decisão de emendar o feriado e deixar fechadas todas as unidades básicas de saúde foi do Chefe do Executivo. Da mesma forma, a omissão em não informar, de forma clara e com antecedência, à população que hoje não haveria expedientes nos postos de saúde é do senhor prefeito.

Alguns pontos nessa questão me causam ainda maior perplexidade. Primeiro, a costumeira deficiência da saúde pública na cidade, agravada pela incompetência (talvez, pela desonestidade) dos nossos políticos. Foram eles que receberam milhões de reais do governo federal, mas não conseguiram construir e colocar em funcionamento o Hospital Municipal. Segundo, a costumeira falta de planejamento. Se era para emendar o feriado do funcionalismo público, a Prefeitura deveria ter adotado a precaução de manter algumas unidades de saúde em regime de plantão. Aqui, deveria prevalecer o interesse público e não o do funcionário público ou a vontade pessoal do prefeito. Terceiro, a falta de informação eficiente por parte da Prefeitura é algo digno de nota. Mesmo entulhada de radialistas em cargos comissionados inúteis e gastando R$ 2 milhões com publicidade, especialmente nas rádios do prefeito e do vice, a Prefeitura é incapaz de levar à população informações relevantes, sobretudo em áreas essenciais, como a saúde pública. Qual a dificuldade em noticiar que hoje não haveria atendimento nos postos de saúde? Quarto, é impressionante como uma Prefeitura que gasta milhões com festas e propaganda para promover a figura do prefeito é incapaz de criar um simples sistema de marcação de consultas e exames médicos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Vilipêndio, dez!

SUS TENTA HABILIDADE, zero!

Anônimo disse...

Fora Raul Belém... Já deu... Se o governo passado foi ruim, o atual é 10 vezes pior.

Anônimo disse...

Ops... 10 não.

11, 11 vezes pior!

Mas fiquem tranquilos. Elegendo o Deputado Federal, a também impensável reeleição do Prefeito mais do que previsível, estará garantida.

SUSpirem...

Adoece não, povão!

Anônimo disse...

deixa que o Joaozinho do Sindicato garante aff que bando