segunda-feira, 31 de março de 2014

Serviços de capina: Araguari poderá pagar 220% mais caro do que Londrina-PR

No post anterior (clique aqui), mostramos que Araguari poderá pagar R$ 234 mil a mais do que outra cidade pela limpeza de bocas de lobo, um dos serviços licitados na Concorrência nº 02/2014, prevista para ser aberta no dia 8 de abril. Agora, vamos mostrar que os indícios de prejuízo são ainda maiores.

Refiro-me aos gastos com os serviços de capina manual. A Prefeitura de Araguari estima que poderá pagar R$ 0,48 (quarenta e oito centavos) por metro quadrado capinado. Em licitação realizada no final do ano passado, Londrina-PR conseguiu preço bem menor: em torno de R$ 0,15 (quinze centavos) por metro quadrado de capina. Agora você verá os motivos da diferença.

Em Araguari, a Prefeitura dividiu a cidade em 9 (nove) lotes (regiões). Já Londrina parcelou somente os serviços de capina em apenas 2 (dois). Para os demais serviços (varrição, manutenção de áreas verdes, etc.), foram criados apenas mais dois lotes. Aqui, não se realiza a capina química. Lá utilizam-se os dois métodos (manual e químico). De um jeito ou de outro, o principal motivo para a diferença absurda de valores está na perda da economia de escala. Quando se parcela uma compra dessa forma, perde-se a oportunidade de adquirir os serviços por preços menores. Vale dizer: quem compra mais paga preço menor pela unidade. Pelo tamanho do município, os serviços de limpeza (capina, varrição, etc.) poderiam ser feitos por um só empresa, tornando o preço muito menos salgado para o contribuinte. 

Em termos de valores, a Prefeitura de Araguari estima gastar R$ 438 mil com os serviços de capina durante um ano. Se fosse pago o mesmo valor contratado por Londrina, esses serviços custariam apenas R$ 137 mil/ano. A diferença, de R$ 301 mil, corresponde a 220%. Mesmo se considerarmos as especificidades de cada contratação, é possível afirmar que os contratos de Araguari poderão ter uma "gordurinha extra", que obviamente irá beneficiar as empreiteiras. Até parece que a Prefeitura, ao invés de procurar o melhor preço, quer, na verdade, beneficiar as empreiteiras.

Seguem abaixo as imagens comprovando essa diferença de preços.


A empresa vencedora da licitação para capina na região Norte de Londrina está recebendo apenas R$ 0,14 (quatorze centavos) por metro quadrado capinado.
Já a vencedora da licitação para a Região Sul recebe R$ 0,15 (quinze centavos) por metro quadrado capinado.

Em Araguari, a Prefeitura estima pagar R$ 0,48 (quarenta e oito) centavos pela capina do metro quadrado.

5 comentários:

Anônimo disse...

a festa da grande família 11 virou 48

Anônimo disse...

Este blogueiro insiste em gerar aulas virtuais, não presenciais e gratuitas para um imenso quórum de aprendizes anônimos sobre Gestão Pública.

Em pauta, reza a logística da mais pura cidadania e foco na análise de dados reais, e ainda conciliados. Vai virar lenda.

Lamentável que o princípio do contraditório e da ampla defesa sequer seja exercido. Deve-se à alguma contenção de raciocínio... digo, de despesas, de certo, ou fato em ser objeto de eterna licitação por profissional habilitado, à altura para as devidas respostas e esclarecimentos pertinentes.

Enriqueceríamos muito ( também ) com essa empreitada...

Anônimo disse...

gostei do contraditório anônimo

Anônimo disse...

Anônimo das 22:33hs aí em riba:

Vá se acostumando ao "contraditório anônimo" e virtual.

Pelo MARCO CIVIL, aquele MARCO, o da Internet, meu PROVEDOR deverá registrar e manter por prazo determinado, meu IP e horário de acesso, mas NÃO registrará o link, o site que naveguei. De forma similar, o site/sítio etc e tal, deverá APENAS registrar o meu IP e horário de postagens.

Ou seja:

- Não gostou do conteúdo, pois lhe fere n´alma ?!

Exerça junto ao Blog/Blogueiro o direito de resposta, ou exija que seja retirado o tal conteúdo. Se ambos, dentro de suas razões, forem atrevidos o suficiente para lhe peitar, simplesmente negando-lhe, deverá constituir um bastante PROCURADOR, e arcar com todas as despesas e respectivos honorários de uma chatesimal conciliação de dados, antes de uma demanda/conciliação judicial.

E o Blogueiro, empenhado em nos ensinar a nos preocuparmos com os Lobbistas e suas enormes bocas de lobo... e estes, no mais profundo silêncio das negociáveis - e não necessariamente anônimas - impunidades.

Avante, Lobeiro bocudo !!!

Bacana né ?!

E as Hienas sorriem. Rosnam.
Só riem. Enriquecem.

Engordam.

#anonymousIsBeautifully


Anônimo disse...

Muito bem anônimo