sexta-feira, 7 de março de 2014

Bebê morre na barriga da mãe e família sugere negligência em Hospital

Rafael Kesler*         

A Saúde Pública em Araguari/MG está caótica, horrenda, lamentável! Tal fato é indiscutível.
Parece que a Prefeitura Municipal de Araguari e os vereadores locais nada tem feito para mudar essa hedionda e absurda realidade. 




Esdrúxula fortuna foi gasta em passageira folia carnavalesca, enquanto pessoas morreram e continuam morrendo de maneira desumana em péssimas instituições médicas municipais (EVIDENTE INVERSÃO DE PRIORIDADE POLÍTICA). 



O que o Chefe do Poder Executivo e a Secretaria responsável por zelar da integridade física dos araguarinos tem a dizer? (...suponho que nada, né?!)
Há alguma justificativa? (...creio que não...)
Pronunciamento, há algum? (...duvido). 




E os vereadores? Será que eles estão cumprindo satisfatoriamente suas funções de fiscalizar (de maneira isenta) a atual e lastimável Administração Municipal, bem como resguardar os interesses da coletividade? Pouco provável. Basta analisar o cotidiano indigno do "Pronto-Socorro", dos precários "postinhos", do hospital, entre outros tantos problemas graves que devastam Araguari.
Infelizmente, entra governo, sai governo, entram legisladores, saem legisladores e NADA muda.
Ops, quer dizer, algumas coisas até mudam, só que para pior.





*Araguarino, 24 anos, bacharelando em Direito, licenciando em Letras, premiado por duas vezes consecutivas no renomado Concurso Nacional de Contos Abdala Mameri. Autor do blog: www.rafaelkesler1234.blogspot.com. Colunista no jornal Diário de Araguari.
(coluna publicada às terças, quintas e domingos)
Contato: rafaelkesler1234@hotmail.com

2 comentários:

Antonia disse...

Infelizmente sempre para pior, até tenho medo de imaginar o que vem por aí quando acabou a gestão passada achei que nada podia piorar, mais parece que pode.

Anônimo disse...

será que é por causa da prefeitura não pagar em dia a santa casa?