segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Feliz Natal!


O Natal não pode ser só um dia. Também não pode um momento para ser vivenciado somente pelos cristãos. Muito menos pode se transformar em uma data meramente comercial. É assim que deve ser. 
Partindo dessas premissas, desejo aos leitores e amigos, independente de opção religiosa, que todos os seus dias sejam Natal. Que bons sentimentos e ações brotem e floresçam todos os dias em nossas vidas! 

7 comentários:

Rafael Kesler disse...

Feliz Natal!

Tudo de bom para você.

;D

Anônimo disse...

Fica declarado o ano de 2013 como sendo o ano TARJA PRETA.

Anônimo disse...

que deus te ouça

Anônimo disse...

O blog presenteia Araguari durante o ano todo, há um bom tempo, com denúncias fundamentadas e cobranças pertinentes. Pena que a cidade prefira não abrir o pacote e deixe que a ceia de Natal seja sempre servida com bastante pizza.

Anônimo disse...

Festa da posse, shows milionarios o ano todo com dinheiro publico, recorde de troca de secretarios, gang tarja preta na licitacao, falta de prestacao de contas em tempo habil, recorde de criacao de secretarias, cargos de confianca, assessorias e subsecretarias, inchaco da maquina publica com emprego na prefeitura para 20 radialistas, aumento de impostos e 8 empreiteiras pros amigos ganharem pequenas e medias licitacoes. Nao investimento de 25% da receita em educacao e recorde de aluguel de imoveis pela prefeitura Parabens Araguari O ano foi fechado com um rombo de 60 milhoes de R$ nos cofres. Viva a cidade que quebrou em um ano.

Anônimo disse...

uai não era a tal FAMÍLIA 11 que ia revolucionar Araguari? cade aqueles papagaio de pirata da campanha?

Anônimo disse...

Estive em Indianopolis e fiquei surpreso com a iluminação natalina, ficou muito bonita mesmo e o detalhe que mais me chamou atenção foi que tudo foi feito com garrafas "pet" , vale a pena conferir. aqui no RERI tudo é motivo para a gastança de dinheiro ate mesmo iluminação de natal, vamos deixar se gulosos por dinheiro e deixar a pompa de lado, trabalhem menos e pensem menos em pagar as próprias dividas com dinheiro publico!