terça-feira, 15 de outubro de 2013

Faça o que mando, não faça o que eu faço.


Vice-prefeito afirmou que o município ainda 
não pagou todas as dívidas contraídas no ano passado.

Esse é o lema dos governantes da cidade.
Na segunda-feira, em extensa entrevista à Rádio Onda Viva, o ex-diretor da emissora e atual vice-prefeito da cidade, Werley Macedo, afirmou que o município ainda não pagou todas as dívidas contraídas no ano passado. 
Pois bem, o mesmo governo que ainda não quitou as dívidas do exercício anterior quer agora protestar os seus devedores. Isso mesmo! O Executivo enviou para a Câmara um projeto de lei que lhe permitirá "sujar" o nome dos devedores do município. Essa deve ser a única finalidade almejada pelos governantes, uma vez que os entes públicos já possuem privilégios na hora de cobrar os seus devedores. Para cobrar, não precisa protestar o título executivo. Basta incluir o débito na dívida ativa e ingressar com ação de execução fiscal (a petição judicial é tão simples que se usam formulários).
O protesto, por si só, já não se justifica. Agora, ver um município que atrasa o pagamento de fornecedores praticar esse tipo de maldade com os contribuintes beira o absurdo. Aliás, absurdo é pouco para adjetivar certos governos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Logo logo, futuro prefeito de Araguari, com Carlos Machado secretário Geral, o segundo mais importante no governo.