terça-feira, 27 de agosto de 2013

Dúvidas


Dúvidas...

A Prefeitura pode investir R$ 400 mil reais numa festa com fins lucrativos sem autorização da Câmara de Vereadores? O prefeito pode gastar esse mesmo valor numa festa organizada por um sindicato presidido pelo seu primo?
Transcritor da coluna Matutando, jornal Observatório, 27.08.2013.

5 comentários:

Edilvo Mota disse...

números, primos, somente se dividem por 1 ou por eles mesmos

Aristeu disse...

Pois é, Edilvo, se fossem primos do Pitágoras iriam elevando-os números à segunda potência entre si, num triângulo amoroso.

Anônimo disse...

O momento é propício para se contratar uma empresa de auditoria de BH por 190 mil reias $$$ sem licitação...para que sejam estudados estes gastos superfluos !!!

Anônimo disse...

SERÁ ATÉ QUANDO... VÃO CONTINUAR FAZENDO O QUE QUEREM E NINGUÉM TOMA PROVIDÊNCIAS... A CÂMARA ? "PODEMOS ESQUECER" O MINISTÉRIO PÚBLICO ? SERÁ ?... COMENTASSE NOS CORREDORES DO PALÁCIO QUE UMA EMPRESA DE GOIÂNIA, IRÁ VENCER A LICITAÇÃO DA LIMPEZA URBANA EM NOSSA CIDADE... LÁ VEM A TURMA DO CARLINHOS CACHOEIRA. ALIÁS DIZEM QUE ELES JÁ CHEGARAM ATRAVÉS DE UMA LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO EM NOSSA CIDADE.

Anônimo disse...

JUNTANDO A CAMARA DE VEREADORES, JUIZES, PODER EXECUTIVO E LEGISLATIVO EM SI SÃO TODOS VAGABUNDOS, MAS O PIOR SOMOS NÓS ARAGUARINO QUE VEMOS TUDO ISSO E FICAMOS CALADOS.