sexta-feira, 17 de maio de 2013

Falta de médicos no PSM



Será?
Circularam informações na cidade dando conta de que o prefeito, Raul Belém, teria “chutado o balde” ao constatar a presença de apenas um médico, em vez de quatro, atendendo no Pronto Socorro Municipal. Verdadeiro ou não, o fato deve ter produzido os efeitos políticos almejados pelos moradores do Palácio. Mas, e os efeitos jurídicos? Dou-lhes dois exemplos em forma de perguntas. O prefeito determinou a abertura de processo disciplinar para apurar a responsabilidade pelas faltas? Ainda, emitiu ordem para suspender o pagamento dos salários dos médicos faltosos? Entendo que para aplaudir a ação do prefeito precisamos dessas respostas.

Coluna Matutando..., Jornal Observatório, 10/05.

Nenhum comentário: