domingo, 19 de maio de 2013

A nova versão do coronelismo


O coronel de outrora prendia e aniquilava os que ousassem contrariar os seus interesses.
O de hoje é sutil. Ganha você e, o que mais interessa, o seu voto na lábia.
Na versão romana, os coronéis comprovam consciências com a política do pão e circo.
Na atual, o pão, em forma de programas sociais, ainda é muito usado. Como o diabo, o pão por ele amassado têm vários nomes Brasil afora: “Renda Minha”, “Bolsa-Familia”, “Pão e leite”. O combate entre gladiadores virou show sertanejo ou Carnaval. Na megaestrutura  dos megaeventos atuais, os alienados bovinamente se iludem. No open bar, esquecem-se até do parente que morreu na fila do SUS ou pela falta de um hospital público na sua cidade. Querem é Mais! Cinderelas de um conto não de fadas se rendem facilmente a uma cervejinha da Cristal. Enquanto isso, o coronel, disfarçado de príncipe encantado, conta os dividendos financeiros e políticos de um circo onde os únicos palhaços somos nós.
O coronel do passado ficava em frente às urnas para conferir o voto do seu rebanho. 
O de hoje é mais prático. Assegura votos oferecendo cargos de confiança. Compra a opinião de jornalistas de prateleira. É a famosa "caixinha" da imprensa. Arrebanha apoiadores, uma versão moderna, por vezes remunerada com dinheiro público, do gado de antigamente.
O coronel de outrora mandava recados ou matava por meio de capangas.
O atual tem aqueles que fazem esse serviço sujo nas suas emissoras de rádio ou TV. Mais recentemente, o coronel cibernético criou a figura do puxa-saco e do bate-pau eletrônicos. Aquele que passa o dia todo nas redes sociais, remunerado com dinheiro público ou com alguma benesse inconfessável, com a finalidade de enaltecer a figura dos governantes e atacar os que ousam pensar.
O mais hilário. Ou desgraçado, como queiram. É que essas pessoas que se deixam seduzir pelos coronéis modernos são as mesmas que tanto criticam os políticos de Brasília. Elas se esquecem, contudo, de que, dos 513 deputados federais, apenas 8 são de Brasília. O restante foram elas mesmas que mandaram para o Congresso. Como Portugal mandou a escória para a sua maior colônia, elas se acham no direito de enviar a podridão de outras cidades para "representá-las" em Brasília. 
Coronéis não são fruto de geração espontânea. Também não vieram de Marte. São plantados, regados, adubados, enfim, cuidados pela omissão de modernos rebanhos espalhados por todo o país. Quem não se livra do jugo está condenado a viver vida de gado. Definitivamente, não é pra isso que o ser humano veio a este mundo.

7 comentários:

Anônimo disse...

Estou passada com esta gestão, horrorizada melhor dizendo.Colocaram o dobro de cargos de confiança(estes promessas feitas na época das eleições)nada contra mas se pelo menos trabalhassem, fizessem por merecer seus salários,(maiores que os dos concursados) )alguns setores precisando de pessoal e outros sobrando.Na verdade os que realmente trabalham não estão sendo valorizados como deveriam. Os concursados estão sendo cada dia mais desmotivados á trabalhar. Colocaram esse governo com a esperança de melhoras mas infelizmente ao que parece está pior do que era.Alguns falavam ano passado pior que tá não fica mas isso não é verdade.

Anônimo disse...

Caramba! Estou impressionado. Que texto excelente! Quem o escreveu? Seja quem for está de parabéns. Um texto deste altíssimo nível deveria ser publicado a nível nacional.

Anônimo disse...

CARO ANÔNIMO DO DIA 21 DE MAIO DE 2013 19:13, QUEM ESCREVEU O TEXTO NÃO INTERESSA,ESTE BLOG PELO QUE EU SAIBA É DEMOCRÁTICO E LARGA DE SER DEBOCHADO. RESPEITE MAIS A OPINIÃO DOS OUTROS.COM CERTEZA VC É UM DOS PUXA SACOS DO GOVERNO NÃO É MESMO?

Anônimo disse...

Ao invés de ficarmos brigando entre nós, devemos é cobrar da gestão atual melhorias pra nossa cidade. Já que fomos obrigados a engoli-lo por 4 anos, então que ele trabalha e faça valer seu salário que não é pouco. Vamos cobrar dele e não ficar dizendo quem escreve mais bonito.

Anônimo disse...

Estou admirada do silêncio que paira em um determinada rádio local referente as cobranças e denúncias que ela fazia na Gestão passada e que continuam ai pra todo mundo ver, a Gestão mudou, mas os problemas não. Apesar de não gostar do dito radialista de voz de desenho animado queria que ele falasse a verdade, imprensa séria é aquela que é imparcial e isso está faltando na referida rádio. Cadê a voz do povo. Ou me diga se estou errada e os problemas num simples passe de mágica deixaram de existir.

Anônimo disse...

Ai se liga Governo, já está na cara isso
que vocês vem fazendo com os coitados que trabalharam igual burro de carga nesta campanha, prometem o cargo de confiança, iludem as pessoas,
e fazem elas cairem na ilegalidade sem vontade própria, ai pessoal estão chamando pessoas para trabalhar sem ao menos fazer o exame medico e sem fazer nomeação do cargo, vem trabalhar achando que está tudo correto
quando vê, tem que ser exonerado. Só depois de um tempo fazem a nomeação.
Ficando o acordo feito, pois chamou e a culpa não é do governo, claro.Tantos acordos, como vão dar emprego para todo mundo, simples ENTRANDO E
SAINDO.SE LIGA GOVERNO ESTAMOS
DE OLHO EM VOCÊS.Né CLARISSA?

Anônimo disse...

DEUS FEZ TUDO COM O MAIOR ESMERO...A BICHARADA, AS FLORESTAS, OS MARES E RIOS, O CÉU ESTRELADO, O SOL A LUA..UM PRIMOR!!!! E TINHA UM ESPECTADOR...O DIABO! QUE SÓ OBSERVAVA A TRABALHEIRA TODA.DEPOIS DE DADA COMO CONCLUÍDA SUA OBRA,FINALMENTE DEUS FOI DESCANSAR.AÍ, O QUE FEZ O DIABO? JOGOU NA TERRA ADÃO E EVA! E AI COMEÇOU A ZORRA TODA.QUE ATÉ HOJE NÃO MUDOU.