sexta-feira, 1 de março de 2013

Audiência pública e a privatização da 050


Aconteceu ontem (28/02/2013) a Audiência Pública sobre a privatização dos trechos da BR-050 e a introdução das praças de pedágio entre as cidades de Araguari e Uberlândia. 


A proposta apresentada por nós dos movimentos sociais presentes, e a construção de uma pauta conjunta, onde estejamos resguardados juridicamente e socialmente para a não introdução das praças de pedágio, ou para adiar a licitação do processo privatista.

Para isso contamos com o Poder Público em todo seu âmbito, para que de subsídios para a criação de espaços de debate, popularizando ainda mais esta questão dos pedágios.

Tiramos como data o dia 14/03/2013 para a realização de uma nova reunião (local a definir) para traçarmos novas intervenções, bem como ampliar o debate a todos os setores da sociedade (sindicatos, organizações, associações,etc.), das cidades de Araguari e Uberlândia. É de extrema importância que todos se insiram no debate, e por conseguinte na construção deste movimento.


Publicado por Airton da Cunha Ribeiro no Facebook


Pitaco do Blog

Apoiamos essa ideia.

Sabemos que a luta é difícil. O poder econômico e político de grandes empresas está por trás dessas privatizações. Antes mesmo das licitações, os vencedores costumam ser conhecidos. São os mesmos grupos de sempre.

Algumas concessões ainda não foram realizadas simplesmente porque esses empresários não estão concordando com o percentual de lucros oferecido pelo governo. É o caso de trechos da BR-040, por exemplo. Não basta ganhar uma rodovia duplicada para explorar. Não é suficiente receber empréstimos públicos para realizar os serviços. São necessários lucros estratosféricos.

Do outro lado, o pobre usuário. Terá que pagar para ir trabalhar ou estudar em Uberlândia. É mais um intervenção prejudicial na economia das pessoas e das cidades. É a mão invisível do Estado e do mercado mexendo no nosso bolso novamente. O dinheiro, obviamente, todos nós sabemos para aonde vai.

3 comentários:

Aristeu disse...

Pedágio é a garantia do ir e vir.

Fábio Luiz disse...

Sofri todos os dias com as obras de duplicação da rodovia, quando fica pronta bonitinha para ser usufruida terei que pagar pra andar? SACANAGEM! reformada com dinheiro publico e depois repassada a preço de banana para as concessionarias ganharem rio de dinheiro.Pô! eu e muitos precisamos dessa rodovia para ir trabalhar, desse jeito fica dificil.

Anônimo disse...

O que eles construirem durante o dia, os usuários (que vão e voltam de araguari-uberlandia)podiam quebrar, assim esse FDP DO PT, aprenderiam de uma vez por todas, FORA PEDÁGIO... É ILEGAL, IMORAM E SUJO, CADÊ OS CABELUDOS DO PRADOS PRA VOTAREM CONTRA AGORA.