segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Situação de anormalidade e Carnaval


Em entrevista à Rádio Vitoriosa, o prefeito Raul Belém (foto) disse que está estudando a possibilidade de expedir um decreto declarando situação de emergência ou estado de calamidade pública no município. Se isso acontecer, como ficaria o Carnaval? Afinal, não parece ser razoável realizar Carnaval às custas dos cofres públicos durante uma situação de anormalidade?

3 comentários:

Edilvo Mota disse...

Pelas informações oficiosas, o estado de calamidade já estava instalado, desde antes do temporal de sábado. Basta conferir as incontáveis postagens de servidores reclamando de férias e salários não recebidos.

Penso que seria razoável cancelar os gastos com carnaval; que, de mais a mais, de carnaval mesmo há tempos já não tem nada...

Aristeu disse...

O Carnaval? Calamidade pública vira tema.

Anônimo disse...

BOA TARDE!! GOSTARIA DE LHE INFORMAR QUE A DESORGANIZAÇAO NA PREFEITURA COM O NOVO PREFEITO NOVOS FUNCIONARIOS,TA OSSO GENTE QUE NEM FALA DIREITO. E AINDA. FUNCIONARIO RECEBENDO 2X NO MES O PAGAMENTO. SE BEM QUE PODIA ACONTECER COMIGO CAIR O PAGAMENTO DUAS VEZES CONCERTEZA FICARIA MUITO FELIZ MAS INFELISMENTE NAO OBTIVE ESSA FELICIDADE MAS MINHA AMIGA TEVE. RECEBEU 2X.. VAMOS ORGANIZA AI NO DEP PESSOAL..