quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

MP de Araguari entrará com processo contra Secretário de Saúde





Pitaco do Blog
Muitas vezes, nós criticamos a omissão do Ministério Público. Agora, é hora de elogiar a atuação do Promotor Walter Shigueo Moriyama. Ele fez o que se espera de um fiscal da lei. Diante da tentativa de cercear a atividade dos fiscais, impõe-se denunciar os fatos ao Poder Judiciário.
Também deve ser elogiada a conduta dos fiscais sanitários. A atividade de fiscalização não admite ingerências políticas. Todos são iguais perante a lei. O tratamento dado a um estabelecimento é o mesmo a ser dado aos demais. Não importa se o proprietário é amigo do rei.
No caso noticiado, há indícios da prática de um rosário de irregularidades. É assustador saber que, em Araguari, a Prefeitura permite o funcionamento de estabelecimentos que colocam em risco a saúde da nossa população. Está na  hora de repensar isso. Eleger corretamente as políticas públicas já seria um bom começo. 

34 comentários:

Edilvo Mota disse...

A ocupação de cargo público implica aos titulares um rosário de obrigações. A principal delas: respeitar a lei e os limites funcionais que ela impõe. Dentre esses limites, o de não interferir nas atribuições legais de autoridades, ainda que temporariamente seus subordinados.

Lamentavelmente, a atitude tanto autoritária quanto ilegal do gestor do SUS não me causou surpresa alguma. A folha corrida recomendava parcimônia com o oba-oba.

Que fique o exemplo para os atuais e futuros ocupantes de cargos públicos: gestor público não está a serviço de grupos privados, de corporações ou do governo de plantão.

Sua missão está atrelada ao compromisso com o interesse público. Ainda que isso lhe custe, quiçá para o resto da vida, um rosário de inimizades e um certo exílio social.

Anônimo disse...

Lei deve ser cumprida, porém vale ressaltar à todos que na época eleitoral, a secretária Iolanda ordenou aos fiscais da Visa que não fizessem mais fiscalizações,pois estavam "queimando" a candidatura do então prefeito Marcos Coelho. Os mesmos fiscais que estão sendo aqui idolatrados, como eram de confiança na época, aceitaram as ordens da então secretária. E por que na época o promotor tão preocupado com a saúd e não se pronunciou?

Anônimo disse...

Porque tanta discussão? O Secretário agiu conforme seus próprios interesses, sem observar a coletividade... O Promotor está tomando as medida judiciais cabíveis contra o secretário que, como agente da saúde, deveria ser o primeiro a prezar pela saúde pública.
Os fiscais da VISA fizeram seu serviço. CHEGA de falar de Prefeito A ou B, aqui a questão é outra. O secretário agiu na contramão da sua função, que é prezar pela saúde publica e, consequentemente, responderá por suas ações.

Anônimo disse...

E isso ai, esta certinho, já nos basta Brasilia com a corrupção que tem lá, agora aqui, só porque e Secretario???? Isso foi o que se descobriu vai saber o que tem por aí agora?rsrsr vai saber....

Aristeu disse...

É. As imagens são convincentes. Como diria uma amiga minha: "Tô passada". Como já disse antes, noutro espaço, a isto que chamo de RESTO rante.

Adriano disse...

Aristeu, (desculpe a(s) brincadeira(s)) voce tem parente, amigos, aqui em Araguari? Acho que voce vai precisar... pois parece que "comer fora aqui é contra-indicado"....
É diga-se de passagem que "quem o conheceu testemunhou aqui e falou que "ele" era exigente, enjoado e chato com higiene, "ele" esta bem mudado de lá pra cá. Há rumores que arafrangos também esta fechada (restaurante) parece que lá a decisão é que só pode funcionar o frango assado (não tenho certeza disso). De 20 (vinte) estabelecimentos 18 foram fechados e 2 autuados, dito pela reportagem.
Queria aqui agradecer a todos deste segmento pelo excelente foco negativo da cidade na midia, principalmente nas mãos daqueles que adoram falar mal daqui em seus telejornais locais, obrigado.


Anônimo disse...

Quem disse que aqui, tudo acaba em PIZZA se enganou. De vez em quando sai um sopão também — em CONGRESSO NAZIONALE DE PIZZA

Anônimo disse...

Quem disse que aqui, tudo acaba em PIZZA se enganou. De vez em quando sai um sopão também — em CONGRESSO NAZIONALE DE PIZZA

Edilvo Mota disse...

SOBRE O FISCAL SANITÁRIO VICENTE

Conheci o agente fiscal sanitário VICENTE quando assumi a secretaria de saúde, em 2005. Convivemos por 39 meses, mantendo periodicamente diálogos sobre o trabalho da Vigilância Sanitária, além de outras questões afetas à gestão do SUS.

Compartilhamos momentos de pressão de vereadores e membros do governo, sempre tentando anular autos de infração e/ou interdições (inclusive de restaurantes). Por dever de oficio, jamais admiti ingerências, ainda que isso tivesse me custado péssima reputação entre vereadores da base e alguns membros do governo.

Vicente é um profissional focado em suas responsabilidades. Além da convivência na saúde pública, fomos companheiros em sala de aula: ele como aluno, eu como professor, no curso de Gestão Pública da Unipac.

Estudioso, criterioso e de personalidade forte, VICENTE costuma dizer o que pensa, quando e a quem lhe convém. Neste lastimável episódio, se o secretário de saúde queria dar demonstração de poder (que no caso, não possui) bateu na porta errada.

PS: antes que algum oportunista sugira, por exemplo, que a Cãmara Municipal homenageie o fiscal sanitário, convém esquecer. Ele apenas cumpriu sua obrigação; tanto ao interditar, quanto ao dar um basta na intromissão do gestor da saúde.

Anônimo disse...

Antes de mais nada, gostaria de esclarecer que não sou oposição ou situação. Sou apenas um cidadão que preza pelos direitos.

Infelizmente, a população brasileira parece ter se acostumado com os desvios, com as ingerências. Mesmo diante de louvável postura do promotor Walter, com relação à desastrosa interferência do secretário de saúde de Araguari, - o qual deve ser punido com todos os rigores da lei -, ainda achamos muitos desinformados (como boa parcela da população araguarina), ou "informados" e com interesses escusos (como o sr. procurador do município de Araguari, Leonardo Furtado Borelli) saindo em defesa do secretário de saúde, o sr. Alfredo Paroneto e deixando claro os rumos da atual gestão Raul Belém.

Contudo, parece ter restado um pouco de razão e princípios morais entre alguns araguarinos. ESTES, NÃO DEVEM SE CALAR DIANTE DE TAMANHA INGERÊNCIA COM A COISA PÚBLICA.

Não nos desviemos do foco: O PROBLEMA COM O RESTAURANTE É ALGO MENOR. ESTE, SÓ SERVIU PARA PUBLICITAR ASPECTOS DA ATUAL ADMINISTRAÇÃO, A SABER, A DESPREOCUPAÇÃO C/ O BEM DA POPULAÇÃO E O PRIVILEGIAMENTO DE POUCOS.

Acredito que a partir de agora, o sr. Prefeito Raul Belém, tome as providências cabíveis: exonerar seu secretário de saúde, já que "remendar" a situação é impossível, - mesmo diante de tantos desinformados. Do contrário, ele é quem deve ser responsabilizado.



Anônimo disse...

Gostaria de salientar, antes que os fiscais da vigilância santaria sejam idolatrados, que em grande parte dos estabelecimentos comerciais não há justiça nas suas ações. Deixe o conforto do escritório com ar condicionado, e sua preguiça ai também e vá locais que estão sendo fechado... cada caso é um caso... Nem todos são emporcalhados como estes das fotos. Pergunte quanto o proprietário do estabelecimento já gastou tentando "se adequar".Não existe protocolo ou consenso, depende do fiscal. Higiene é BERÇO é HABITO!!! você pode ter a melhor infraestrutura que isso não impedirá que um funcionário cuspa na comida de um cliente, ou não lave as mãos quando sair banheiro. Mas como meu comentário pode parecer ofensivo duvido que veja o mesmo publicado... democracia "pero no mucho" não é mesmo?!

Anônimo disse...

Com relação às reflexões sobre os interesses da atual gestão em oposição à anterior penso o seguinte:

1º: o mais importante é que a lei se cumpra em benefício geral da população, e não de interesse de grupos privilegiados;

2º: se ocorreram desmandos no passado, eles devem ser apurados ainda hoje. Tem sempre muita gente "pagando de bom moço";

3º: uma ação errada e ate criminosa no passado não deve servir para justificar outras da mesma natureza no presente.

Enfim, temos que presar pela coisa certa daqui para a frente. Do contrário, - sobretudo tendo em vista a história nada gloriosa e muito imoral da política brasileira -, estaremos fadados a um futuro de invariável desmando e corrupção.

Parabéns ao promotor Walter e aos fiscais de saúde.

O desfecho deste episódio em algumas semanas será um bom indicador dos rumos da atual gestão (Raul Belém). Resta-nos saber se o sr. prefeito Raul Belém teme pelo seu cargo ou acredita ser inatingível. POIS, NO FINAL, A RESPONSABILIDADE É, SOBRETUDO, DELE.

Estaremos de olho.

Antônia Arruda disse...

Apenas gostaria de saber o porque de somente AGORA, NESTE MOMENTO VIRAM TANTAS IRREGULARIDADES, AO QUE ME PARECE ISSO É DE LONGA DATA E NÃO DE AGORA, O SERVIÇO DE FISCALIZAÇÃO TEM QUE SER FEITO DE FORMA CORRETA E JUSTA, TENHO CERTEZA QUE ESTES CASOS NÃO APARECERAM SOMENTE AGORA. sERÁ QUE ALGUÉM PODE RESPONDER O PORQUE DA OMISSÃO POR TANTO TEMPO? E OS CLIENTES DESTES LOCAIS DITOS INSALUBRES POR QUANTOS ANOS COMERAM DESTA COMIDA? SE ALGUÉM PUDER RESPOONDER.

Anônimo disse...

É isso mesmo Antonia.
Se o estabelecimento foi fechado por falta de condições para manipular alimentos ou falta de segurança (falta de extintor de incendio)Fica a pergunta. Como que estão abertos a 12,13 ou até 20 anos?
Onde estava o orgão fiscalizador (VS) e o MP?
Já sei! Eles comeram a maça destinada a BRANCA DE NEVE.
Hi! HI! HI!
E agora quem vai "pagar o pato"?
Quem é o pai do filho?
Mais uma vez quem vai pagar é o povo araguarino.



Anônimo disse...

quem vai pagar o pato é o Corinthians. Nem tanto também né!!!

Anônimo disse...

Araguarinos, isso e só o começo.
Ainda tem muita sueira embaixo do tapete la na camara e na prefeitura. Por ex: contratam pessoas amigas do prefeito e de secretários, vereadores, etc, sem que a maioria dessas pessoas tenham capacidade para gerir. Tem servidores com cargos de confiança que tá metendo os pés pelas mãos. Tirou cartão de ponto, deu folga metado do dia para uns e sobrecarregou outros. continuo...

Anônimo disse...

Tudo que tá acontecendo com essa administração tá parecida com a anterior. Não tão governando para araguari, tão governando para si próprio e amigos. O POVÃO mesmo, que se dane. Cargo de confiança para os amigos e correligionários mesmo sem qualificação. Dizem que entraram contra o Ministerio Público (Sr. Walter- o promotor) que ta fazendo sua parte meio tarde, mas tá mexendo com poderosos que se acham superiores a quaisquer leis continuo...

Anônimo disse...

Cuidado Nova Administração: O POVÃO coloca e também tira, ajudado pelos servidores. Tem cargos de confiança sem noção de que tudo o que tá fazendo prejudicará e muito a reeleição ou mesmo eleição p/outros cargos que não seja de prefeito. Ai tá cheio de exemplos de administradores do municipio que não se elegem mais para nada. continuo...

Anônimo disse...

A não ser que o prefeito atual , como o anterior, já se acha reeleito, pois julga-se imune. Mesmo com seus cargos de confiança (servidores investidos em tais cargos, também)o derrubando com as atitudes e ações que tão tendo, será que somente eles consegluirão reelege-lo ou elege-lo?? Penso que o Prefeito Raul tenha que escolher melhor seus colaboradores, para não se "queimar" politicamente tão cedo. E que o Povão saiba separar o joio do trigo. continuo...

Anônimo disse...

Um belo começo de mandato: menos de 2 meses e 3 abacaxis para serem descascados.

Rosevane disse...

É isso mesmo Antonia.
Se o estabelecimento foi fechado por falta de condições para manipular alimentos ou falta de segurança (falta de extintor de incendio)Fica a pergunta. Como que estão abertos a 12,13 ou até 20 anos?
Onde estava o orgão fiscalizador (VS) e o MP?
Já sei! Eles comeram a maça destinada a BRANCA DE NEVE.
Hi! HI! HI!
E agora quem vai "pagar o pato"?
Quem é o pai do filho?
Mais uma vez quem vai pagar é o povo araguarino.
Pessoal o comentário acima não é anonimo. É MEU. Não sei como eu postei anonimo ontem.

Rosevane disse...

"É assustador saber que, em Araguari, a Prefeitura permite o funcionamento de estabelecimentos que colocam em risco a saúde da nossa população. Está na hora de repensar isso"
Essa é a questão. A pergunta que não quer calar. Como pode isso!
Ao longo de todos esses anos, pois a maioria dos estabelecimentos fechados são de longa data na cidade de Araguari,entra prefeito e sai prefeito e é permitido pela administração pública (respaldada no seu braço direito da fiscalização sanitária) que esses estabelecimentos sem condições minimas estão abertos para o consumo alimenticio da população.
É essa a resposta que eu gostaria de ouvir de todos os responsáveis por essa atual situração de calamidade que nós araguarinos estamos vivendo. O comércio alimenticio está praticamente todo fechado (intervenção estadual diante da situação precária) pequenos comerciantes falidos e seus funcionários desempregados.
E ai. Quem vai responder por essa situação calamitosa?
Pois, se chegou ao ponto de uma INTERVENÇÃO ESTADUAL é porque a situaçao estava realmente apocaliptica.
PORQUE CHEGOU A ESSE PONTO? QUEM SÃO OS RESPONSAVEIS? HAVERÁ ALGUMA INVESTIGAÇÃO E POSTERIOR PUNIÇÃO?
AFINAL ESTAMOS FALANDO DE SAUDE E DINHEIRO PUBLICO.


Anônimo disse...

Gostaria que o mesmo PROMOTOR fosse capaz de silenciar um pouco esses "carros trio eletricos que andam" como se a rua fosse deles, não respeitam ninguém, se você quer assistir um filme em casa tem que primeiro ligar no meio ambiente pra tentar abaixar um pouco o som, ELES NÃO DESLIGAM E NEM GUINCHAM COMO EM APARECIDA DE GOIANIA, e nossa querida polícia não pode fazer nada como sempre, tenta ligar no 190 depois das 22h?! Nem foi tecer mais comentários... É racha com som... VIVA A FALTA DE RESPEITO COM O PRÓXIMO EM ARAGUARI-MG

Anônimo disse...

O VICENTE FISCAL DA VIGILANCIA JÁ FOI TRANSFERIDO PRA DENGUE PRA APRENDER A RESPEITAR QUEM MANDA

Anônimo disse...

Acho que vcs não deveriam estar preocupados com Vicentes da vida, pois ele só está tentando cumprir com que é correto, se não foi feito antes, a sempre um momento de mudar de opinião e ser inteligente. Deviasmos observar é o secretario de saude, que usa seu poder de costas quentes pra desde o seu primeiro dia de pasta fazer mandos e desmandos dentro da saúde.Agora as pessoas culpam um mero funcionário que cumpriu uma ordem do MP e esqueceu que o seu chefe tentou burlar ordens maiores, por achar que é o dono do mundo por ser o medicuzinho de nada e que ninguém vai tira lo de onde esta pois o governador é quem manda no Raul. Estamos a anos comendo lixo e o secretario de saude acha normal... então acho que estamos vivendo no lugar errado. Raul disse que se seu secretarios estivessem trabalhando de forma errada, iria fazer um bota fora e não é o que esta acontecendo. Tal do Paroneto vai permanecer no seu cargim pois se ele sair com certeza leva o prefeito junto, essa deve ser sua ameça pra ficar na pasta.. afinal ainda não atingiu su metas como na sata casa..se é que vcs me entendem...Araguari terra de ninguém!!

Anônimo disse...

por falar nisso quem fiscaliza a vida da santa casa, acho que ninguem

Anônimo disse...

Fiquei bem comovido hoje, pensei até que ia morrer de tanto chorar ao ver a entrevista do tal Paroneto onde ele dizia que o que ta acontecendo com ele e perseguição política . Isso implica então que o gestor passado esta muito preocupado com esse fulanim que se acha um medico e que tem mais poder que o prefeito. Tudo indica que sim, pois ele vai permanecer no cargo, pois o Raul bem provável ta amedrontado com a possibilidade do parontim denuncia lo tem. E fim, é ridículo jogar o erro que ele cometeu em cima de outros, achando que vai se livrar de ser processado. Pode até não sair do cargo, mas candidato a prefeito? Nem pra sindico de bairro! A abre o olho Raul...estão te ferrando pelas costas e quem vai dançar nas próximas eleições e vc, que nem o Coelho.

Edilvo Mota disse...

Como todo ser humano, o atual secretário de saúde merece respeito. Ainda que seja, efetivamente, uma pessoa arrogante e me tenha tratado, em diversas ocasiões quando fui secretário de saúde, com soberba, ironia e desrespeito. Porém, eu jamais lhe devolveria na mesma moeda: cada um dá de si o que tem de melhor.

Sobre a entrevista, acompanhei com atenção e imparcialidade. A fala do secretário foi insegura e desconexa, passando a impressão de que ou não domina o assunto (Vigilância Sanitária) ou não tinha segurança para argumentar, sem fazer prova contra si na Ação Civil Pública em curso.

A interferência na ação do fiscal sanitário (caso comprovada) é fato gravíssimo. A denúncia do agente fiscal é sua obrigação funcional, ainda que contra um superior hierárquico (a lei não prevê isenção para chefes).

Que me desculpe o secretário, mas falar em rede regional de televisão que está havendo "perseguição política" é um atentado contra o bom senso e a inteligência da população. Mesmo porque o secretário não ocupa cargo político e não tem, ao menos por enquanto, qualquer expressão no cenário político local. Particularmente, eu esperava uma abordagem mais inteligente, técnica, segura e serena de sua parte.

Apesar da soberba com que este cidadão sempre me tratou, mesmo eu ocupando um cargo público de relevância (que ironicamente ele agora ocupa) não lhe desejo mal algum.

Apenas espero que, em permanecendo no cargo, aprenda a respeitar a lei e os seus subordinados. E que não passe pelo dissabor de ser tratado com indiferença por seus interlocutores, na discussão de assuntos de interesse da saúde pública

Anônimo disse...

Fiquei refletindo os comentários que li e tive a certeza do quanto somos "idiotas" cidadãos "IDIOTAS", pois cada um expressa sua opinião de acordo da quantidade que está se BENEFICIANDO.
Esquecemos tudo, direitos, deveres, pensamos apenas se somos ou não, parente, amigo ou conhecido de alguém que está no poder.
Sabe de quem é a culpa?
Não são deles, eles estão apenas aproveitando a oportunidade.
Os responsáveis de todo este circo somos nós simples idiotas que diz "não discuto política, não discuto religião e etc." a realidade é que somos hipócritas literalmente "IDIOTAS" que aceitamos tudo que fazem.
Aliás, estão até fazendo pouca sujeira na cidade de Araguari, onde é uma cidade em que somente os que NÃO ganham cargos é que reclamam de algo. Vamos ficar espertos, pois a vida é uma roda mesmo hora que estamos no poder poderemos estar sofrendo com ele não é pessoal das secretarias, câmara, amigos, conhecidos?
E meio contraditório não é?Os responsáveis pelas leis de uma cidade são ELES os próprios que desrespeitam a lei e até acham que são maiores que a lei que criaram. Parece engraçado, cômico? Não somos nós “IDIOTAS” que aceitamos, aplaudimos sai tudo do nosso bolso mesmo?
Reflexão do dia.
E fiquem tranqüilos pois esta opinião é de quem está vendo tudo de fora e não sobrevive financeiramente das atividades daí e nem estou a procura. Apenas um desabafo .

Anônimo disse...

Engraçado, postavam sempre aqui sobre a farra do PA central, depois que mudou a coordenação pararam, mas a farra continua e ainda pior. Tem gente ganhando muito e trabalhado nada e nem ao local de serviço vão e não perdem o dia e ainda ganham horas extras. Acorda coordenador, quando vc abrir os olhos a sua batata já assou.

Anônimo disse...

Tem gente querendo estar em evidência em todas as redes sociais da cidade atacando o atual secretário de saúde pleiteando o seu cargo. Mostra a sua cara EX SECRETÁRIO DE SAÚDE. Pena que vai ser deletado este comentário. Será que ele é moderador?

Edilvo Mota disse...

Não, prezado "assessor", eu não sou moderador.

O que vocês, asseclas do Novo Modelo de Renovação chamam de ataques à pessoa do secretário, são na verdade cobranças contra os inúmeros atos ilegais praticados por ele em apenas 3 meses.

De forma inédita, o referido cidadão já acumula duas ações judiciais promovidas pelo Ministério Público: uma por abuso de autoridade e outra por apropriação indébita de recursos públicos do Estado de Minas Gerais, recebendo salários sem trabalhar. Coisa "nunca antes na história desta cidade" aconteceu, com qualquer de seus antecessores.

Basta ele passar a agir dentro da lei que não será mais incomodado; nem por mim, nem pelo Ministério Público ou Poder Judiciário.

Quanto ao cargo, fique tranquilo. Não pretendi, nem pretendo assumir novamente; inclusive já dispensei convites na gestão anterior. E dispensaria, em qualquer outro tempo.

Da mesma forma que a turma do Novo Modelo, o grupelho da Renovação escala anônimos para fazer o trabalho sujo. Mas não serão comentários anônimos, de gente que se sujeita a esse tipo de expediente, que farão calar a voz da indignação contra tantas ilegalidades e prepotência. Nem toda opinião está à venda na cidade.

Ao contrário do seu "patrão" (que parece estar pagando salários por fora, pela prestação de "serviços voluntários" à Prefeitura por alguns funcionários fantasmas) quando ocupei o cargo fui convidado, ao invés de buscar guarida em partido político forçando o prefeito a engolir o que não gostaria (como ocorre agora).

Revejam suas condutas, caso contrário poderão ter, em 2014 e 2016, a mesma surpresa desagradável que o Novo Modelo teve, ano passado.

Anônimo disse...

Edilvo Mota é a voz do povo. Obrigada!!!

Anônimo disse...

Não seria um comentário e sim um alerta. Alguém pensou em vistorias também em hospitais localizados nesta cidade? no funcionamento dos mesmos? isto não só pelo SUS , também na utilização de convênios.Tenho uma sugestão ...em todas as repartições públicas , hospitais etc. deveria ter um dispositivo de queixas e também de motivação de funcionários para que os usuários pudessem se manifestar. Talvez os dirigentes dos mesmos pudessem se orientar melhor. Também crachás poderiam ser utilizados pois os maus funcionário seriam identificados.