quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Mães precisam de creche para os filhos e não conseguem trabalhar



 PITACO DO BLOG

Quando alguns residenciais do Minha Casa, Minha Vida começaram a ser construídos, nós questionamos a necessidade de serem dotados de equipamentos urbanos mínimos. Trocando em miúdos, a construção de conjuntos habitacionais e mesmo a abertura de novos loteamentos deve ser precedida (deve vir antes) da construção de infraestrutura (água, luz, asfalto, galerias pluviais), de escolas, de creches, de postos de saúde, de postos policiais, etc. Claro: não obtivemos resposta.
Agora, eu desafio os gestores anteriores e os atuais a provarem que esses direitos MÍNIMOS são assegurados aos moradores dos antigos e dos novos residenciais.
A reportagem é clara. Fala por si própria. Mostra que as mães do Canaã, quando vão para o trabalho, não têm onde deixar seus filhos. Onde estariam os responsáveis por mais essa falha administrativa?

Fonte: Linha Dura Araguari, TV Vitoriosa.

Um comentário:

Aristeu disse...

Eu conheci na Estrutural várias mães que precisavam trabalhar e que se ajuntaram. Várias iam trabalhar e deixavam os filhos com uma. As que trabalhavam se cotizavam para recompensar a que ficou com as crianças. A inteligência social não pode ficar dependendo de governos passageiros com bolsas famílias ou bolsas creches que não são eternas.