domingo, 17 de fevereiro de 2013

Congressista brasileiro é o segundo mais caro entre 110 países

Editoria de Arte/Folhapress

O congressista brasileiro é o segundo mais caro em um universo de 110 países, mostram dados de um estudo realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) em parceria com a UIP (União Interparlamentar).
Cada um dos 594 parlamentares do Brasil --513 deputados e 81 senadores-- custa para os cofres públicos US$ 7,4 milhões por ano.

Clique aqui e leia a reportagem completa da Folha de S. Paulo.

Leia também:
Análise: Gastos do Congresso seguem lógica de todo o setor público

4 comentários:

Aristeu disse...

Que belo contraditório: O que é mais caro e que, ao mesmo tempo, não vale nada.

Edilvo Mota disse...

Quando avaliado pelos quesitos incompetência, leniência e corrupção, ganha o primeiro lugar fácil.

Edilvo Mota disse...

Estamos em meados de fevereiro de 2013. Até agora, o Congresso Nacional não votou o Orçamento da União para 2013, que deveria ter sido votado ainda em 2012.

Você, contribuinte, repense suas atitudes antes de aplaudir e babar ovo para deputados e senadores ineficientes, ineficazes e omissos em relação a suas atribuições.

Eis o resultado da "lógica" de rifar o voto, sem analisar a qualificação e o perfil do candidato.

Anônimo disse...

Pior é a população apática a tudo isso. É tudo normal. E viva o carnaval e a copa e as olimpiadas!