quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Prefeita do Guarujá recua após nomear marido 'sem perceber'

A prefeita do Guarujá, no litoral paulista, nomeou o próprio marido, que é guarda municipal concursado, para o cargo de ouvidor da Controladoria Geral do Município.
Reeleita para o cargo, Maria Antonieta de Brito (PMDB) se casou no último dia 15 de dezembro, aos 43 anos, com Flávio Lopes da Silva.
A nomeação dele foi publicada no sábado, no "Diário Oficial" do município, com efeitos retroativos para o dia 1º e assinatura da prefeita.
O ouvidor geral tem salário de R$ 6.500 e é responsável por receber e organizar críticas da população. O salário de um guarda municipal varia de R$ 1.100 a R$ 1.700, sem contabilizar os benefícios.
Ontem, após ser questionada sobre a decisão, a administração municipal disse que a prefeita voltou atrás.
Em nota, a prefeitura afirmou que a nomeação para o cargo comissionado foi "imediatamente revogada" assim que Maria Antonieta de Brito teve conhecimento do fato.
SEM PERCEBER
A nota argumenta que Silva foi indicado por sua "chefia imediata" --a Secretaria de Defesa e Convivência Social-- e que, "em razão do elevado número de nomeações [271] realizadas na referida data, a prefeita não se apercebeu da indicação do seu marido".
"Nenhuma despesa decorreu do ato, uma vez que a revogação foi determinada em ato imediatamente contínuo à publicação da portaria", afirma o texto.
A assessoria de imprensa informou que a revogação da nomeação será publicada amanhã no "Diário Oficial".
O marido da prefeita deve voltar a atuar como guarda municipal, e o cargo de ouvidor geral do município ficará vago por enquanto.
"A prefeita reafirma seu compromisso quanto ao cumprimento da lei, da constituição e dos princípios administrativos", afirma a nota oficial.
Segundo a prefeitura, Maria Antonieta não dará entrevista sobre o assunto.

Transcrito da Folha de S. Paulo

Pitaco do Blog

Políticos só têm algum conhecimento da realidade próxima quando lhes convêm. Em regra, é o famoso "não vi, não sei, não conheço.". No caso, vale também o bordão de um programa humorístico: "vai que cola!".

Um comentário:

Edilvo Mota disse...

Vai ser distraída assim lá no... Guarujá