domingo, 8 de julho de 2012

Falta sinalização de trânsito em ruas do Portal de Fátima



Pitaco do Blog
A reportagem bate na mesma tecla: falta de infraestrutura nos residenciais construídos pelo programa "Minha Casa, Minha Vida".
Entregar moradias sem que o residencial esteja efetivamente pronto é resultado da falta de planejamento. Repito o que já disse aqui. Não basta oferecer uma casa. É preciso que as pessoas, ao passarem pela porta, encontrem, do lado de fora, infraestrutura minima: segurança pública, educação, saúde, lazer, etc.

3 comentários:

Anônimo disse...

ter uma casa já é um previlégio de de poucos diante do defíft em que se encontre araguari então ao invés de criticar as pessoas deviam agradecer a infra-estrutura esta pode esperar marcos coelho está fazendo o máximo em sua gestão e as pessoas ensistem em critíca-lo nunca em araguari se construiu tanto então meu cara caia na real. ok.

Wellington Colenghi disse...

Anônimo 6 de agosto de 2012 10:07
Infraestrutura pode esperar? Que eu saiba em qualquer município a infraestrutura é o início do projeto, afinal, de que adianta contruir casas sem condições adequadas ao bem estar da comunidade. Só falta construírem casas na poeira e jogar raspas de asfalto. Uma outra coisa que me preocupa em relação aos novos bairros, é a falta de condições para o desenvolvimento das comunidades. Não há centros esportivos, creches, escolas e menos ainda percebemos qualquer atitude do governo em relação à geração de renda. Se andarmos nestas localidades, veremos crianças soltas na rua, sem qualquer perspectiva de futuro. Se não tomar-se cuidado com esses projetos sem infraestrutura e sem condições para a comunidade, estaremos criando uma imensa fábrica de favelas, e onde o poder público falha, o traficante se ajeita. Será que realmente anônimo, a infraestrutura pode ficar para depois. Redigindo a pergunta, o ser humano pode ficar para depois?

Wellington Colenghi disse...

Anônimo 6 de agosto de 2012 10:07
Infraestrutura pode esperar? Que eu saiba em qualquer município a infraestrutura é o início do projeto, afinal, de que adianta contruir casas sem condições adequadas ao bem estar da comunidade. Só falta construírem casas na poeira e jogar raspas de asfalto. Uma outra coisa que me preocupa em relação aos novos bairros, é a falta de condições para o desenvolvimento das comunidades. Não há centros esportivos, creches, escolas e menos ainda percebemos qualquer atitude do governo em relação à geração de renda. Se andarmos nestas localidades, veremos crianças soltas na rua, sem qualquer perspectiva de futuro. Se não tomar-se cuidado com esses projetos sem infraestrutura e sem condições para a comunidade, estaremos criando uma imensa fábrica de favelas, e onde o poder público falha, o traficante se ajeita. Será que realmente anônimo, a infraestrutura pode ficar para depois. Redigindo a pergunta, o ser humano pode ficar para depois?