terça-feira, 10 de julho de 2012

Crise de pessoas e valores na política



Abre aspas para o bacharel e doutor em Direito Gladston Mamede, que bem expressou o seu temor em relação à política brasileira:
"As chapas que foram inscritas para as eleições municipais apenas confirmam o que, há algum tempo, eu temo dizer a mim mesmo: a política passa por uma crise de pessoas e valores. Gravíssimo. Não há nomes. Não há pessoas. Não há debate. Não há ideias. Isto tudo é muito triste e perigoso. O pior é observar que esse sistema corrompido afasta jovens idealistas, fazendo com que o cenário político seja preenchido, quase integralmente, por pulhas. Noutras palavras: o que se vê no horizonte é uma tempestade que, mais cedo, mais tarde, irá nos banhar. Deus nos proteja."
Fonte: Blog do Instituto Pandectas 

Nenhum comentário: