sábado, 16 de junho de 2012

Salada indigesta

Abra aspas para a coluna Radar, Gazeta do Triângulo, 16/06:

SALADA

Desde janeiro deste ano, o prefeito Marcos Coelho teria recebido sondagens diversas e até algumas propostas de nomes para substituir o seu vice na disputa para a reeleição. Justino Carvalho (PRB), Marlos Fernandes e Odon Naves (PPS) Rogério Bernardes (PTC), Werley Macedo (PDT), Raul Belém (PP), Hélio Alves (PR), Alfredo Paroneto (PSDB) e o vereador Wesley Lucas também do PPS, tiveram seus nomes ventilados de uma forma ou de outra para ser o vice de Marcos Coelho.

Pitaco do Blog
Tenho sérias restrições ao jornalismo-fofoca praticado em Araguari. O uso de expressões do tipo: "teria", "nomes ventilados" e "de uma forma ou de outra" enfraquece um pouco a certeza de veracidade da informação.
Entretanto, conhecendo a "política" praticada no Brasil e em Araguari, não podemos duvidar do afirmado pelo colunista. Ideologia e programas de governo são palavras em desuso por aqui. Prevalece a conveniência. Daí, os conchavos feitos na calada da noite. Não se discutem pautas programáticas. Debatem-se, apenas, a divisão da máquina pública e o loteamento dos cargos. Não tenham dúvidas de que, antes de elaborar qualquer projeto de governo, os nomes de futuros secretários e de ocupantes de cargos de segunda escalão já estão definidos. Claro, na maioria das vezes, sem nenhum critério técnico.  Prevalece o compadrio e, por vezes, o nepotismo escancarado. É o preço do apoio. Por isso, vemos uma sucessão de desgovernos em Araguari. Na verdade, o poder nunca mudou de mãos na cidade.




5 comentários:

Anônimo disse...

Será verdade sempre se puseram em Oposição ao Marcão o Werley Macedo (PDT), o vereador Wesley Lucas do PPS, e com menos intensidade o Justino Carvalho (PRB), Raul Belém (PP), Marlos Fernandes e Odon Naves (PPS), Alfredo Paroneto (PSDB), Rogério Bernardes (PTC) e Hélio Alves (PR) eram da base do prefeito

Edilvo Mota disse...

Ideologia? Programa de governo?

Que bobagem, meu caro Antônio Marcos. Isso é mania de gente ingênua e romântica, como nós.

Aceitei participar de um governo com essa premissa: poder servir à comunidade. Me tornei alvo de chacotas, no meio político.

A maioria dizia que eu era INGÊNUO.

O vereador líder do governo teria dito, a uma interlocutora, que eu era "honesto demais". Para ele (vereador) o comentário era uma chacota; para mim foi um elogio.

Todos acima (e outros mais) buscam somente o poder. Projetos de longo prazo não cabem nesse contexto.

Aristeu disse...

Isto, com certeza, é pra tentar diminuir a grandeza de alguns nomes que aí estão e que o enfrentarão ao cargo principal. Para vice, chame o Vasco.

Rodolfo Paranhos disse...

Vai ser osso votar nesse pleito. Será que o destino de Araguari é esse? O álbum continua o mesmo, só muda o nome da figurinha...

Rodolfo Paranhos disse...

Vai ser osso votar nesse pleito. Será que o destino de Araguari é esse? O álbum continua o mesmo, só muda o nome da figurinha...