segunda-feira, 4 de junho de 2012

Ministério da Saúde volta a condenar estrutura do Hospital de Araguari, MG



Construção não tem condições de abrigar hospital, segundo engenheiro.
Procurador apresentou laudo de engenheiros da UFU apontando falhas.


Construção não tem condições de abrigar hospital
(Foto: Reprodução TV Integração)


Em audiência realizada na tarde desta segunda-feira (4), o Ministério Público (MP) voltou a ouvir representantes do Ministério da Saúde sobre a estrutura do prédio do Hospital Municipal de Araguari, no Triângulo Mineiro. Engenheiros reafirmaram que a construção não tem condições de abrigar a unidade.
O engenheiro do Ministério da Saúde, Ricardo Gusmão foi um dos profissionais que voltaram a afirmar que a estrutura está sem condições. O procurador de Araguari, Leonardo Henrique Oliveira, apresentou um laudo técnico feito por engenheiro da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) apontando falhas no projeto.
O MP ofereceu um acordo entre município e a empresa responsável pela construção, que deveria arcar com uma nova obra. A empresa não aceitou e uma audiência foi marcada para setembro.
O caso
Em dezembro de 2011, engenheiros da UFU elaboraram um laudo técnico que aprovava o uso temporário do prédio anexo, destinado ao Pronto Socorro, mas, condenava partes do prédio principal, como o sistema de gás e a rede de esgoto.

Apesar de ter sido inaugurado três vezes, em 2003, 2006 e 2008, o hospital nunca entrou em operação. A unidade de Araguari deveria atender cerca de 800 pessoas gratuitamente por dia. O prédio começou a ser construído em 2001 e foi inaugurado por três vezes.
O motivo são os inúmeros problemas estruturais encontrados no fim da obra: rachaduras nas paredes, infiltrações, falta de banheiros adaptados para deficientes, caixa d’água com capacidade abaixo da exigida e a base de todo o prédio deveria ter sido reconstruída 40 centímetros mais alta. Na altura em que está não dá vazão ao esgoto.
Uma comissão do Ministério da Saúde visitou a cidade e fez uma vistoria no prédio que resultou que resultou em um relatório que praticamente condenou a construção.


Transcrito do Portal Megaminas. Clique aqui e leia direto na fonte.

Pitaco do Blog
Parece manchete repetida. A novela segue lenta. Os responsáveis pelas irregularidades estão sendo processados. Nenhum preso. Alguns com bens bloqueados. Há processos em curso na Justiça Federal em Uberlândia e no Tribunal de Contas da União. Os trâmites são demorados. A tentativa de acordo com a empresa responsável pela construção foi infrutífera. Assim, não resta à população araguarina outro caminho senão aguardar as conclusões dos processos, com a condenação dos responsáveis e reparação dos prejuízos. Claro, antes disso, nós, eleitores, temos plenas condições de julgar, nas urnas, os atos de eventuais responsáveis que se candidatarem a cargos públicos. 

7 comentários:

Aristeu disse...

Eu não gosto mais de urnas... Parece que ela engole todas as minhas esperanças.

Anônimo disse...

Já eu meu amigo nunca me iludi quanto as tramóias políticas do mundo, manipuladoras do psquismos das massas,prefiro me manter acima das ilusões convencionais deste mundo e lhe recomendo a fazer o mesmo.e nunca mais terás decepções na tua vida.

Anônimo disse...

na próxima eleição me candidato a vereador porque sou pobre e sairei de lá rico

Anônimo disse...

Marcos coelho é esperto, durantes esses 4 anos ele sempre ficou sentado na sua varandinha da sua casa bebendo uma cervejinha com os amigos.. agora com as eleições por perto o coelho resolveu sair da toca e mostrar algo de util para cidade...pelo mesnos ele pavimentou um pouco das ruas da cidade...

Anônimo disse...

Raul mostre as proteinas que vc anda comendo para marcos coelho pra ele dar uma engordadinha ta muito sequinho

Anônimo disse...

Falta de trabalhar engorda mesmo malandro gordo e preguiçoso

Anônimo disse...

A INGRATIDÃO que vejo aqui postadas para com o governo marcos coelho é que o levou a sua derrota nas urnas ,fora a compra de votos que deu vantagem ao seu opositor os que votaram no gordo ainda vão se lamentar por suas más escolhas,pois vamos ver o que o gordo vai fazer por araguari mais que o marcos coelho fêz-tô pagando pra ver,cabada de burros.