quarta-feira, 30 de maio de 2012

A honestidade do prefeito e a inverdade nos jornais

A pesquisa do jornal O Tempo constatou que, por diversos motivos,
60,8% dos entrevistados reprovam a gestão Marcos Coelho.

Um jornal e um colunista publicaram inverdades sobre o resultado da pesquisa eleitoral realizada pelo jornal O Tempo, de Belo Horizonte. Repetindo o lema de integrantes do governo, disseram que 99% dos entrevistados na pesquisa afirmaram que o prefeito Marcos Coelho é honesto.
Independente de o prefeito ter ou não esse atributo, o quesito honestidade não foi objeto dessa pesquisa. O jornal não constatou que 99% da população considera o prefeito honesto. O jornal apurou, isto sim, que 60,8% dos entrevistados reprovam a gestão Marcos Coelho (vide imagem acima). Desses, apenas 1% o reprovam por ser desonesto. Isso é muito diferente de dizer que 99% o consideram honesto. Na verdade, 99% de 60,8% dos entrevistados reprovam o governo pelos seguintes motivos: 38,8% por não estar atuando bem na área de saúde, 21,7% por não estar administrando da maneira correta, 10,2% por estar faltando pavimentação nas ruas, 9,9% por não cumprir promessas de campanha, 6,9% por não ter gerado empregos, 4,6% por não estar atuando bem na área de educação, 3,3% por não cuidar da educação, 1% por falta de saneamento. Reprovar o governo por esses motivos não quer dizer que os entrevistados considerem o prefeito honesto. Quer dizer apenas que 60,8% dos entrevistados reprovam o governo por variados motivos, inclusive a desonestidade. Saber se o prefeito é honesto não foi sequer o objeto da pesquisa.

Clique aqui e leia, na íntegra, a reportagem do jornal O Tempo.
Clique aqui e leia a notícia mentirosa publicada pelo jornal Correio de Araguari.
Clique aqui e leia a inverdade divulgada pela coluna Em Resumo, do jornal Gazeta do Triângulo.

7 comentários:

Edilvo Mota disse...

"Uma mentira, repetida mil vezes, torna-se verdade"

Joseph Goebbels, general de Hitler.

Aristeu disse...

Nem se entrevistar toda a família dele ele obterá este índice de honestidade. Sabe por quê? Porque não empregou muitos, mas não todos...

Anônimo disse...

PRINCIPAL MOTIVO PARA DESAPROVAR

"Não está atuando bem na área da saúde" 38,8%

Os adversários de campanha devem agradecer muito a Iara Borges por ajudar a alavancar essa desaprovação. Depois de muito tentar alertar o próprio prefeito que essa mulher não tinha bagagem para assumir a saúde, agora é colher os frutos da omissão. Duas CLI's só na saúde, duas heim! Os resultados estão ai, que ousa refutá-los?

Anônimo disse...

Mais o Marcão tem muito amigo na câmara então CLI nao deu nada

Anônimo disse...

vamos agradecer também a o novo coordenador da vig saniTÁRIA, AGRADECEM OS ADVERSÁRIOS A ESSA DESAPROVAÇÃO.

Anônimo disse...

38% de desaprovação na saúde. Iara Borges merece cargo na futura gestão já que ela é a principal responsável por essa "técnica" de rejeição. Mas manter Iolanda Coelho no cargo também é suicídio político. Parece que o prefeito do PMDB não tem muita visão de campanha...

Anônimo disse...

Este processo trata-se de uma ação de improbidade administrativa no qual o autla Prefeito de Araguari é executado e deve devolver dinheiro aos cofres públicos.TJMG: 003505053036-5
EXEQÜENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS; EXECUTADO: JOAQUIM VIEIRA PEIXOTO e outros => Autos vista EXECUTADOS. Prazo de 0010 dia(s). Intimem-se para,no prazo, tomarem conhecimento do inteiro teor da decisão de fls. 255:"... Aos Executados tenho a dizer que a Lei Municipal 4.118/2005 não se aplica a esta dívida, oriunda da prática de ato ilícito, cuja decisão já transitou em julgado, sob pena de ofensa ao ..." Adv - LEONARDO HENRIQUE DE OLIVEIRA, VALDIR DIAS, ANA CRISTINA DE BRITO E SOUZA, JOAQUIM FARIAS DE GODOI, MARCOS PAULO DE AVILA, NEITON DE PAIVA NEVES, MARCO ANTONIO NEVES, CLODONISIO LUCIO COSTA, RUBIA CALIL ROSA LEMOS ARAUJO.

Consulta realizada em 16/08/2012 às 08:05:17