quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Matutando...

Caipira picando fumo - obra do pintor Almeida Júnior

Ausência sentida
Na sessão de ontem da Câmara, em que a servidora pública Mirian de Lima ocupou a tribuna para narrar as irregularidades supostamente ocorridas na gestão da Secretaria de Saúde, alguns presentes notaram a ausência do vereador Wesley Lucas de Mendonça. Alguns estão incomodados com a indefinição política do edil. Oposição ou situação?

A força da rede
Indiscutível o aumento da importância das redes sociais em todos os setores. No campo da cidadania, por exemplo, isso ficou claro novamente ontem (o apoio aos "Fotografaços" já havia demonstrado isso). A grande presença de cidadãos na sessão da Câmara deve-se, em parte, ao poder do Facebook. Integrantes de grupos virtuais conseguiram traduzir para o mundo real a indignação sadia que circula pelas redes.

O dono da bola
A palavra, agora, está com os senhores vereadores. A sociedade espera que a Câmara cumpra um dos seus relevantes papeis, que é o de fiscalizar os atos do Poder Executivo. Como no caso denunciado há o suposto envolvimento de uma ex-secretária, ocupante de cargo político diretamente ligado ao do prefeito, a Câmara pode e deve investigar o caso. Basta que alguns vereadores deixem, ao menos por um momento, de serem subservientes ao Executivo.

Silêncio eloquente
Parte da imprensa sequer falou ou falará da manifestação da servidora perante a Câmara. Parece que esse tipo de fato, obviamente desagradável ao governo, simplesmente não ocorreu. Ao que tudo indica, os "capachos" e parasitas dos poderosos na imprensa continuam detestando pessoas que pensam com suas próprias cabeças.

15 comentários:

EFGoyaz disse...

Tá aí um bom assunto pro Sr. Limírio se debruçar e comprovar se é defensor da cidade (como diz) ou defensor do seu grupo político (como demonstra).

Aristeu disse...

Esta imprensa paga não tem o nosso alcance.

Anônimo disse...

Não foi só o Wesley que mudou de posição. Tem também o autor desse blog que passou a designar de supostas as mentirosas denuncias da servidora Mirian. Diferentemente de tudo que escreveu, disse hoje: "...em que a servidora pública Mirian de Lima ocupou a tribuna para narrar as irregularidades supostamente ocorridas na gestão da Secretaria de Saúde." Assim caminha a humanidade, fazendo justiça aos dignos, honrados e honestos, galeria em que não se inclui a meia dúzia de detratores deste observatorio marron. Xô! Ave agourenta!

Anônimo disse...

Espera-se que Mirian não tenha jogado pérolas aos porcos...

Edilvo Mota

Marcos disse...

Anônimo das 12h48, eu não mudei de posição, não. Posso não ter-me fazido entender. Escrever é um "negócio" complicado e, por vezes, ocorrem contradições no nosso texto.
Por que uso as expressões "possíveis" ou "supostas" irregularidades? O processo disciplinar ainda não terminou. Logo, eu não posso afirmar, com absoluta certeza, que "A" e "B" cometeram essa ou aquela irregularidade. Pode ser que surjam provas de que nada ocorreu de irregular (pouco provável).
O que vi no processo me permite dizer que existem, sim, fortes indícios de irregularidades (pagamento por serviços não prestados, etc.). Cabe à comissão processante comprovar isso para, depois, sugerir a recuperação do dinheiro mal gasto e a punição dos responsáveis.
Peço desculpas a todas se não fui claro o bastante no meu post.

Anônimo disse...

Wesley e todos os outros, situaçao quando convem e oposiçao quando convem.

Anônimo disse...

O Novo Modelo está na iminência de sofrer com uma segunda CLI, e novamente envolvendo a pasta da saúde e tendo novamente como protagonista a senhorita Iara Borges. Uma mulher que F... com a saúde pública do município e desgastou a imagem do próprio prefeito ainda continua tendo privilégios dentro da secretaria de saúde. Acho que agora nem adianta querer acordar para as coisas, já é tarde. Que fique a lição para o próximo gestor da cidade, que antes estude e avalie bem as pessoas que vai compor a sua administração.

Anônimo disse...

Fica algumas observações:
1ª A funcionária Miriam tem provas documentadas de uma série de irregularidades na saúde, e que após denunciá-las foi exonerada da função e isolada do seu ambiente de trabalho. O que é algo absurdo, pois onde estava a inteligência e o bom senso do senhor prefeito já ciente dos fatos? Deveria ele agradecer pela atitude corajosa da servidora e instaurar uma sindicância interna sem alarde, e depois dos fatos todos apurados buscar reparações. Por isso eu sempre digo e afirmo, o atual prefeito não tem habilidade política, muito mal articulado por si próprio e por seus assessores. É o que chamamos de amadorismo na vida pública.

2ª A servidora colocou que estava sofrendo ingerência no seu trabalho. Então porque a queriam no PSM? Apenas para servir de testa de ferro, compactuar com o jogo sujo dos gestores da saúde, e ter o seu nome envolvido em escândalos e responder sozinha por todos os erros enquanto os verdadeiros culpados iriam gozar de regalias e privilégios quem sabe até em outras administrações?

4ª A servidora Miriam nem titubeou quando perguntada por parte de quem da administração sofria perseguição, ela afirmou; Eunice Mendes. Como falar que essa administração é séria, uma secretária da educação exercendo forte influência em outras secretarias. Onde está a personalidade política e a autoridade do senhor Marcos Coelho? Como uma administração pode funcionar para o bem coletivo se os interesses pessoais estão prevalecendo sobre o coletivo? Qualquer ato de ingerência deve ser reprimido, pois não há política que se construa com interferência de terceiros, azeda qualquer projeto.

5ª O que a Câmara espera para abrir uma CLI? Já que existe provas e denúncias graves de irregularidades por parte de uma funcionária experiente e que estava ocupando um importante cargo na saúde, ou seja, com condições para saber tudo o que ocorria lá dentro.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 25 de janeiro de 2012.

Prezados Srs.,

Não creio que tenha sido jogado pérolas aos porcos. Sequer "M" - de MILHO - ao ventilador.

Presenciei uma exemplar apresentação, COM CONTEÚDO GRAVÍSSIMO, e sob perfeito domínio pela Servidora Pública Mirian Lima, que valeu-se poucas vezes de sua documentação para responder às indagações dos Nobres Vereadores. Muitas indagações, de forma repetida. Não ouvi nenhuma contradição, e nenhuma situação onde ela tenha ficado sem expressar seu pensamento, o seu entendimento, inclusive em situações onde foi formalmente facultada a responder. Firme nas respostas!

Percebo nos debates que participo - REAIS E VIRTUAIS, um certo descrédito quando trata-se de qualquer tipo de SINDICÂNCIA & INQUÉRITOS.

Não percebi isso, na expressão dos Srs. Vereadores. Seja lá qual for a decisão deles, terão muito trabalho sim.

Inclusive, já estão conscientes de que uma nova forma de mobilização da opinião pública, mesmo que manifestada por um pequeno grupo.

NOVO MODELO DE COBRANÇA POR RESULTADOS. PÓS-VOTO.

O grupo é pequeno. Mas a disseminação das informações que proporciona já é preocupante...

... para os que tem motivos para se preocupar.

Para os que agem de acordo com suas consciências e concomitantemente em favor do POVO, além de OBRIGAÇÃO FORMAL, será bastante salutar.

E já que estamos falando sobre questões de SAÚDE ...

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

Não creio ser apenas amadorismo. Hoje analisando alguns fatos, ingerências perseguições á servidores, irresponsabilidade com a coisa pública, percebo que o Novo Modelo já entrou mal-intencionado. Nunca tiveram a real intenção de melhorar o serviço público, implementar obras e muito menos dar condições de trabalho ao servidor.
Vieram apenas lucrar, ganhar dinheiro. Talvez a única excessão seja o prefeito, que quis eleger-se, segundo ele próprio, graças á um antigo sonho, o de ser prefeito da cidade de Araguari. Marcos Coelho mostrou-se truculento e incapaz de dar rumo ao governo, transformando a prefeitura num curral eleitoral de alguns secretários. Sem habilidade para gerir a coisa pública e sem a capacidade do dialogo, não poderia ter dado noutra coisa.
Junte a tudo isso a péssima acessoria que o prefeito tem. Ele parece acreditar que apenas mentir sobre obras no programa do Walmir Brasileiro lhe proporcionará a reeleição. Desconsidera a informação da internet e provavelmente não sabe lidar com a nova mídia, como o próprio blog e atualmente cresce uma militãncia no facebook que certamente lhe prejudicará em outubro.
Quanto á Iara Borges, ele que atente para o fato que depois de ter perseguido os agentes de endemias, depois de ter exonerado supervisores por pura vaidade, depois disso, ela vem caindo em desgraça. Acreditou que a perseguição não ia dar em nada. Acreditou que o pessoal ia encolher e ficar calado. Mal sabia ela que havia dado o primeiro passo rumo ao tombo. Dizem que foi tudo à mando de Eunice Mendes, mas e agora? Será que Eunice segura a bronca? E depois que acabar esse governo Iara? como você vai olhar os colegas de trabalho? Vai ter coragem de olhar nos olhos de cada um?
Aliás, e o adjunto? O Ronaldo cesar Borges que conseguiu o cargo só por ser colunista, está fazendo oque?
E viva a Miriam, viva o Blog! E usemos o Face como arma.

Anônimo disse...

E a Madame Eunice Mendes? essa todo mundo já conhece... quem é aquela carta jogada no anonimato... estva tudo correto.

Anônimo disse...

CONTINUA GRANDE O NEPOTISMO DESTE GOVERNO.

Anônimo disse...

O prefeito, os vereadores, a secretária de Educaçao que dá pitaco sem conhecimento de causa em todas as áreas do governo e a maioria dos gestores da saude sao todos farinha do mesmo saco, e Araguari que se foda.

Anônimo disse...

prefeito, vereadores, scretária de educaçao, que dá pitacos sem conhecimento de causa em todos setores do governo, principalmente na saúde, são todos farinha do mesmo saco... e Araguari que se foda.

Anônimo disse...

Nepotismo?? o sobrinho do prefeito vive na secretaria de saude até hj dando pitacos, será que ele nao é mesmo mais funcionario desse governo ?
Alõ vereadores, vamos trabalhar e fiscalizar mais.
Será que será só o Tiaozinho que botará a boca no trombone quanto a CLI? os outros vao ficar recuados?