domingo, 18 de dezembro de 2011

Sandices

Trago a opinião do servidor público Wellington Colenghi sobre a atual administração da cidade. Em especial, ele aborda os fatos ocorridos na última semana envolvendo a atuação de integrantes do governo Marcos Coelho.
Abre aspas:

Sandices

A semana que passou foi marcada por situações bizarras protagonizadas pelo “Novo Modelo”. Beirando a sandice e a comédia,  tem-se, por exemplo, a entrevista do prefeito à colunista Lêda Pinho, que, certamente, teve muita capacidade de abstração para tentar visualizar as citações do nobre prefeito.
A intransigência do governante se faz transparecer em suas palavras. Ao ser questionado pela colunista sobre o que mudaria no governo, caso fosse possível, o alcaide responde secamente que nada mudaria. Atitude infantil e de principiante, dado que nenhum setor da nossa comunidade vem mostrando satisfação com o jeito truculento do PMDB administrar Araguari. Todo governante com uma mínima capacidade de autocrítica, por mais que ande bem a administração, sempre dirá que há o que mudar. Ou estaria nosso prefeito se proclamando perfeito? O bom senso passou longe, como de costume.
Um bom exemplo da falta de bom senso do “Novo Modelo” é a relação de cão e gato entre ele e o funcionalismo municipal, que em vários casos vem patrocinando desavenças na Justiça do Trabalho, as quais, na maioria das vezes, são ganhas pelo trabalhador acarretando prejuízos aos cofres públicos. Como exemplo, bata citar o caso do vale-alimentação, que teve a lei votada e outorgada há dois anos e nunca cumprida pelo Executivo, que é o proponente da lei. O “Novo Modelo” é uma contradição, uma surrealidade e me atrevo a dizer: uma indecência.
Indecência que pode ser comprovada na tentativa de aprovar um vexatório plano de cargos e salários da SAE, que contemplava e criava apenas cargos comissionados, onerando excessivamente a autarquia e caçoando escandalosamente do servidor de carreira, que, com um aumento irrisório, teria seus vencimentos ultrapassados pelo aumento do salário mínimo já no seguinte mês. Graças à capacidade de mobilização dos servidores da SAE, o governo teve de retirar o plano do Legislativo. Tantas derrotas e o Coelho não mudaria nada.
Sobram denúncias de irregularidades. Sobram projetos mal feitos. Sobram desculpas por parte dos defensores do governo. Na última quinta, ouvi uma entrevista do procurador do município, onde ele disse desconhecer que a servidora que denunciou irregularidades no pronto-socorro municipal estaria à disposição da administração. Segundo o procurador, a mesma já estaria exercendo suas funções na administração, e que ele não tolera perseguição na prefeitura. Essa não é a versão de que temos conhecimento. E se o prefeito não iria mudar nada, o marmitex ainda seria superfaturado e o mamógrafo continuaria parado? Reformulando a pergunta: parado e com o município pagando a manutenção? Se ele pudesse voltar atrás, o sorteio das casas do Monte Moriá ainda continuaria sem previsão? Araguari continuaria sem uma extensão da UFU?
Faltou bom senso sem dúvida, mas até que ponto é apenas falta de bom senso? Onde já seria cara-de- pau mesmo? Se nosso prefeito tivesse bom senso, voltaria atrás e nem se candidatado teria. Araguari caiu no limbo da incompetência e graças ao “Novo Modelo” não será fácil tiramos nossa cidade deste limbo. Sandices têm limite, assim como nossa paciência.

Wellington Colenghi
Servidor Municipal

18 comentários:

EFGoyaz disse...

E o prefeito é honesto. Até consigo próprio.

Anônimo disse...

Modesto, Humilde, Cara de Pau, incompetente...
Realmente não precisa mudar nada...

Aristeu disse...

Eu acredito em Colenghi.

Mirian Lima disse...

Vamos lá, esclarecer novamente:

Eu Miriran de Lima, matricula nº 05294-9, Servidora Pública Municipal, ocupante do cargo de Analista de Pessoal, desde 1º de abril de 1996, venho a presença de TODOS, declarar que:

Desde o dia 11 de agosto de 2011, estou afastada, a disposição da Prefeitura Municipal de Araguari (MG), que continuo recebendo meus vencimentos dos cofres públicos (ressalto que, não estou recebendo o que é de direito garantido por lei, SMJ! e que já disse por várias vezes que, isso a meu ver é um crime ao erário público, pois, me encontro em plena condição fisica, mental e moral para exercer minha função).

Que NÃO me encontro em gozo de qualquer LICENÇA POR INTERESSE PARTICULAR, por auxilio doença, férias, ou outro tipo qualquer, senão por interesse da Prefeitura Muncipal de Araguari (MG).

Que por várias vezes estive nos gabinetes dos Secretários de Administração, Governo, Procurador do Municipio, para saber acerca do meu retorno, não obtive sucesso e nenhuma resposta até o presente momento.

Declaro ainda que estou disponivel com endereço, telefone, tudo atualizado para receber convocações a qualquer momento tanto para prestar quaisquer esclarecimentos, bem como para meu retorno ao trabalho.

Na expectativa de um breve retorno ao trabalho, estou a disposição.

Respeitosamente,

Mirian de lima
Servidora Publica Municipal/
Analista d Pessoal mat. 52949

Mirian Lima disse...

Caro Colenghi, PARABÉNS!!! Você tem o meu respeito e admiração.

Continue evoluindo... você sim é uma pessoa séria, HONESTA, responsável e luta em prol da coletividade...

***Ser HONESTO é obrigação, ser conivente com o errado para mim enquadra no rol de DESONESTOS também, portanto quando é conivente é desonesto sim..

Mirian Lima
Servidora Pública

Dilson Martins disse...

Parabéns colenghi! Estarei em outra oportunidade adentrando com mais detalhes neste seu texto que, daria algumas dezenas de páginas, dado os lamentáveis atropelos deste governo.

Vale ressaltar que inúmeras pessoas apadrinhadas e acolhidas pelo atual governo, não conseguem encontrar argumentos para defendê-lo.

Anônimo disse...

O caso da servidora Mirian apesar de ultrajante, de ferir a dignidade de uma pessoa honesta, não é surpreendente enquanto se trata do Novo Modelo.
Mas falta pouco, apenas um ano. Se todos aqueles que sobreviveram as perseguições até aqui,segure firme por mais alguns meses. As eleições estão próximas e vamos juntos lutar pela renovação e pela moralidade do serviço público da nossa querida Araguari que está a beira de um colapso.

Antonia Arruda disse...

Quando vi aquela entrevist não sabia se ria ou chorava, se achava o cidadão louco ou sem noção , quanta estupidez em uma só entrevista!

garliene arts disse...

Parabéns Wellington Colenghi , por palavras tão objetivas ...A verdade seja sempre dita e lembrada... Parabéns Mirian Lima pela sua coragem , força e tenha fé ...Justiça seje feita e todos que estão envolvidos que seje punidos , e VIVA A DEMOCRACIA =)

Anônimo disse...

Marcos, vc que é um homem do meio jurídico, e que exerce seu ofício na capital federal, o centro da política brasileira, pela sua experiência tanto na esfera judicial quanto na área da política, quais são as implicações que podem acontecer na prefeitura de Araguari com tantas irregularidades emergindo? Tudo isso que nós temos idéia que vem acontecendo até os dias de hj, em especial na saúde, vc que já é um grande conhecedor de todos esses fatos, acredita em que tipo de sanção pode acarretar para a administração e de punições aos envolvidos diretamente?

Anônimo disse...

RuàRUà! Sanções? Nada foi provado meus caros desocupados, todos que postam asneiras aqui deveriam ser é processados, inclusive o blogueiro.
Tantam macular a imagem da saúde. Ora, Iolanda pegou aquilo lá um caco, mas como ela é competente aos poucos vai chegando tudo no lugar. Por que sempre criticar a saúde? O tópico não é sobre uma entrevista do prefeito?
Ah, mas eu sei por que. O escritorzinho deste tópicozinho porraloquinha é um dos excluídos e continua chorando. Meu caro Wellingtonzinho, realmente o que a Iara fez foi sem lógica, mas pára de perseguir quem quer trabalhar na saúde. Basta, deixa a gente arrumar o que a Iara deixou.
E o Dono do blog? Vai publicar meu comentário ou vai me censurar... e pára de defender Miriam, Colenghi e outro funcionários que só querem prejudicar o governo do seu xará.

Marcos disse...

Anônimo das 12h23, agradeço pelos elogios,mas eu não os mereço. O pouco que conheço de Administração Pública deve-se aos 29 anos de trabalho no serviço público federal e distrital.
Quanto às suas perguntas, embora as leis nos assegurem meios de questionar as irregularidades, nós constatamos que, na prática, não é fácil punir os responsáveis pelas irregularidades nem recuperar o dinheiro mal gasto (o caso do HM está aí para provar isso).
De qualquer forma, temos que fazer nosso papel de cidadão. Questionar nos meios de comunicação disponíveis, enviar denúncias aos órgãos de controle e esperar os resultados.
Não gosto de exploração política desses problemas. Normalmente, a oposição faz pirotecnia, mas não resolve os problemas. Acho que é hora de atacarmos as causas e acreditar nos órgãos de controle.
Inclusive, já estou com um post pronto a respeito do assunto. Quero que 2012 seja o ano de um auditoria federal em Araguari. Vou batalhar por isso. É a única forma que vejo de tentarmos controlar essas irregularidades cada vez maiores.

Marcos disse...

Anônimo das 13h12,apesar de ver alguns exageros no seu comentário, resolvi publicá-lo.
Sobre a questão de ser processado, estou à disposição. A Justiça foi feita para resolver esse tipo de problema.
Aliás, eu mesmo já deveria ter me valido dela para tentar corrigir algumas irregularidades no governo atual. Hoje, eu já não posso corrigir as do governo anterior e ainda não tem como corrigir as do futuro. Mas, em relação ao atual, eu posso e devo agir. É isso que estou fazendo aqui no blog e por meio de denúncias aos órgãos responsáveis. A condenação ou não de alguns fica a critério dos órgãos de controle.
Sobre a saúde pública, infelizmente, não é possível concordar com o que vc disse. Não vi nenhuma vontade de mudança no setor. Mudaram os nomes dos gestores, mas os métodos de atuação e os problemas continuam e continuarão os mesmos. Da mesma forma, as pessoas continuarão sendo mal tratadas no serviço público.

Anônimo disse...

"Quero que 2012 seja o ano de um auditoria federal em Araguari. Vou batalhar por isso."

Marcos, espero que vc tenha exito para que essa auditoria se torne realidade. Como vc mora em Brasília e é um grande conhecedor da área jurídica, tenho plena confiança na sua capacidade para conseguir esse objetivo para o bem de Araguari. Obrigado!

Antônia disse...

Pessoal vamos deixar de escrever no anonimato, ter coragem de expor suas opiniões faz com que as mesmas sejam respeitadas, nem gosto de ler o que anonimo publica para mim é sem nenhuma credibilidade, agora uma coisa eu concordo a GESTORA ANTERIOR o tempo que ficou na saúde deteriorou toda a pasta, no controle da dengue ela cometeu os piores erros possíveis em nome de guerra pessoal por vaidade e orgulho, quem esta no controle da dengue hoje sabe o que está acontecendo e não vem me falar em casos de dengue, a situação ano passado foi uma questão macroregional e não microregional como colocaram todo o país no ano passado passou por uma forte epidemia de dengue devido ao retorno do dengue 1 e Araguari nunca esteve nem entre os 20 municípios do Estado o que dirá do país, porém como a secretaria da época tinha questões pessoais com a categoria resolveu usar o fato dos casos de dengue para perseguir servidores. Hoje quem esta em trabalho sabe o quanto está complicado sem cumprimento de metas exigidas pelo ministério da saúde e funcionários exaustos, desgastados fisico e psicologicamente.
GOSTARIA AINDA DE PEDIR ENCARECIDAMENTE QUEM QUISER ME CRITICAR POR FAVOR TENHA CORAGEM E SE IDENTIFIQUE!!!!!!!!

Colenghi disse...

Anônimo 20 de dezembro de 2011 13:12
Uma coisa lhe garanto, não estou chorando, apenas discuto os fatos. E ao contrário de alguns, não há nada que me denuncie. Isso eu posso provar.
A Ex-gestora tentou macular a imagem de alguns, mas o tiro saiu pela culatra. Aguardemos os fatos, o mundo dá voltas.

Anônimo disse...

"Ora, Iolanda pegou aquilo lá um caco..."

Está criticando diretamente a gestão da ex-secretária ou é imprenssão minha? A Iolada não era diretora da saúde na época? E a sua atuação não era dentro da secretaria de saúde?
Já sei... ZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZzZz

"Por que sempre criticar a saúde?"

O caso do mamógrafo com direito até a cobertura nacional; pagamento de manutenção do mesmo que estaria parado; pagamento para manutenção do Raio X que não funciona; compra de remédios com preço duvidoso; compra de marmitex superfaturado; entrega de remédios com a validade vencida na fármacia pública; PSF com risco de descredenciamento; falta de médicos nas UBS's e PS; falta de transparência com os recursos do TFD etc...
Vc ainda quer mais motivos para falar da saúde?!

"realmente o que a Iara fez foi sem lógica"

Sem lógica é quem a colocou lá!

Anônimo disse...

Viva os anônimos...
a razao do blog existir...