sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Presidente nacional da OAB é favorável à Ficha Limpa para nomeação de ministros e comissionados

Ophir apóia Ficha Limpa para nomeação de ministros e cargos de confiança


Brasília, 14/10/2011 - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, apoiou hoje (14) a decisão da Controladoria Geral da União (CGU) de encaminhar minuta de decreto para a Presidência da República com o objetivo de definir que os critérios da Ficha Limpa também sejam observados para a nomeação em todo Poder Executivo, não apenas de ministros de estado mas também servidores em cargos de confiança. Segundo Ophir, a OAB saúda essa iniciativa e faz votos que a presidente Dilma Rousseff adote imediatamente essa providência. "Até porque essa medida atende a um dos reclamos dos movimentos de combate à corrupção que as ruas estão cada vez mais prestigiando, quando exigem que se acabe com a prática do uso de cargos públicos para fins partidários ou interesses pessoais e privados", disse Ophir.

"A Ordem vê esse tipo de sugestão formulada pela CGU de uma forma muito positiva, pois a administração pública é impessoal e deve sempre privilegiar o interesse público, independentemente dos governantes, dos partidos políticos", observou o presidente nacional da OAB. "É necessário que haja dentro do serviço público profissionalismo, que a burocracia estatal seja prestigiada mas, para isso, é necessário que nos cargos em comissão - até porque nos cargos efetivos já é exigido - se tenha também essa cautela de exigir ficha limpa". Além de solicitatr que a presidente Dilma adote imediatamente a sugestão de decreto da CGU, Ophir disse esperar que essa iniciativa, uma vez aprovada pela União, seja estendida às administrações públicas estaduais e municipais".
Transcrito do site da OAB Nacional.

3 comentários:

Aristeu disse...

A ABIN faz uma verdadeira pesquisa da vida de seus concursados, o que deveria acontecer com todos os investidos de cargo público. Não basta ser ficha limpa tem que ser totalmente limpo.

Anônimo disse...

Ficha Limpa é uma lei brasileira originada de um projeto de lei de iniciativa popular que reuniu mais de 2 milhões de assinaturas.

"O Projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 5 de maio de 2010 e também foi aprovado no Senado Federal no dia 19 de maio de 2010 por votação unânime. Foi sancionado pelo Presidente da República, transformando-se na Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de 2010.[1] Esta lei proíbe que políticos condenados em decisões colegiadas de segunda instância possam se candidatar."

O que me assusta diate disto , são as pessoas de bem que leva nas costas armação pra cima deste artigo , ou seja se não esta sujo VAMOS SUJA-LO....Isto é de uma maldade cruel , e quem vai dizer que não tenho razão??

Ass >>Garliene >>A culpa é do google

Débora Ferreira disse...

tianinha tá ganhando quanto??? fala da CLI e outros desvios... até compra de votos para diretor de uma escola??vamos comprar cestas básicas e doarr melhor do que o povo passando fomeeeeeee cadê o mamógrado? sem casa sem vida????

18 de outubro de 2011 19:25