sábado, 17 de setembro de 2011

Novo prédio para a Câmara

Miguel de Oliveira, Gazeta do Triângulo, 17/09:
"Prédio para a Câmara

Muita gente não conhece o trabalho dos vereadores e nem o que eles podem fazer. Decorre isso, e muito, da vergonhosa falta de espaço para o público no majestoso e antigo prédio onde funciona o Legislativo Municipal, onde todos os vereadores têm a função precípua de fiscalizar como se gasta o dinheiro do povo. Urgem providências complementares concretas nesse sentido. Como a licitação e contratação imediata de projeto e disponibilização de fato de verbas. A Câmara fiscaliza a gestão financeira da Prefeitura e dá exemplo ao publicar também seus balancetes."
Pitaco do Blog
Alguns políticos vêm defendendo a construção de uma nova sede para a Câmara de Vereadores. O colunista do Gazeta segue essa linha.
Acredito que toda ação pública deve ser precedida de um juízo de razoabilidade. Antes de tudo,  é preciso definir o que é e o que não é prioridade. Eleita a política pública, adotam-se as medidas legislativas, orçamentárias e executivas necessárias à concretização da ação. Isso se chama planejamento.
A construção do novo prédio da Câmara é um caso a ser pensado. De fato, o espaço físico parece ser acanhado. Mas, antes de fazer novos gastos, é preciso verificar, por exemplo, se a quantidade de vereadores e de servidores é compatível com as instalações e com a qualidade dos serviços prestados. Mais que isso, ampliando o leque, é necessário analisar se o município não tem outras prioridades maiores, como a construção de um hospital público e de um novo pronto-socorro. Só assim pode-se atribuir caráter prioritário à construção de uma nova Câmara.

4 comentários:

Aristeu disse...

Uma nova casa da vergonha!

naoquero um blog disse...

Predio novo?
Sei de um na Rua Sebastião naves entre os bairros Miranda, Paraíso e Ouro Verde... Já foi inaugurado tres vezes como hospital, mas já que nunca funcionou de verdade, uma quarta inauguração como Camara municipal não iria mudar em nada a situação atual do prédio. Ainda mais por aqui, onde a camara, tal qual o hospital, também não funciona.

Atenciosamente.
Riberto de Sousa Junior.

Anônimo disse...

Caro Riberto,

Se ali construíssem uma nova Câmara garanto que dariam um jeitinho de fazê-la funcionar. Com propósito diferente do hospital é claro.

Estariam em busca de benefícios particulares e não coletivos.

E quando digo que fariam-na funcionar, não me refiro aos procedimentos incorretos da casa legislativa, mas no sentido de que dariam um jeito de providenciar o que fosse preciso para que se instalassem num determinado local que ofereça maior conforto e outras regalias mais.

Rodolfo Paranhos.

garliene arts disse...

" A Câmara fiscaliza a gestão financeira da Prefeitura e dá exemplo ao publicar também seus balancetes."(Miguel de Oliveira)

P.S >>E um tal DOCUMENTO do legislativo, que o cidadão Jeová apresentou aqui mesmo no blog??....>> E NADA ?? E os dados de uma ética e transparência...>>E NADA>>>Apagão de dados ???E NADA??