quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Nivelando Por Baixo


A “revisão” do Plano de Cargos e Salários, que foi apresentada  na Câmara Municipal no último dia 20, somente solidificou o que sempre nós servidores repetimos inúmeras vezes aos leitores: a falta de compromisso com o servidor concursado pela atual administração. A maioria das categorias, independente do grau de escolaridade ou formação técnica, teve seus vencimentos estipulados em praticamente 5%. Hoje quem ganha R$ 545,00 passará a receber como provento base R$ 572,50. Notem ainda a malandragem dos administradores já que a partir de janeiro o salário mínimo será de R$ 620,00. Ainda como se não bastasse, propuseram o enquadramento por tempo de serviço para daqui a seis meses.  Enquadramento que a partir de 2006 deveria ter ocorrido anualmente. Sou capaz de apostar que o secretário de Administração ainda usará a Lei de Responsabilidade Fiscal para barrar o enquadramento num futuro próximo.
O Novo Modelo de administração já mostrou seu descaso com o funcionalismo de carreira, impondo uma política de desvalorização do servidor perante a sociedade. Usando sempre a imprensa marrom que predomina em nossa cidade, nosso alcaide e seus comissionados sempre estão na imprensa contando a sua versão dos fatos. Houve inclusive, radialista de uma conhecida rádio que anunciou: “o funcionalismo está satisfeito”.  Alguém anda fumando maconha ou tomando LSD, ou ainda talvez, esteja usando os óculos de 3D já citado em outro post. Fazem “leito de Procusto” da situação, sempre a favor do governo. Sem contar as cutucadas que dão: ”contrato é melhor que concurso pois o contratado rende mais”. Rende mais cargos para eles, isso rende!
A situação deteriora-se ainda mais, quando partimos para uma análise da mentalidade do servidor, que é o mais prejudicado no processo. O servidor municipal ainda não conseguiu se enxergar como construtor de sua própria História, como agente principal capaz de modificar sua condição. A grande maioria ainda teme lutar por seus direitos esperando que outros o façam. Abdicam de sua condição de agente transformador, delegando ao acaso suas reivindicações.  Perdoem-me a franqueza, mas apenas ser filiado a um sindicato e ter sua contribuição descontada todo mês é inútil se não nos reconhecermos como parte fundamental do corpo sindical.
O Sintespa propôs uma audiência pública na próxima segunda-feira dia 26 no auditório da SAE, onde se pretende discutir as aberrações e o nivelamento dos salários. O que chegou à Câmara não pode de forma alguma ser considerado como revisão de Plano de Cargos e Salários, mas sim uma piada pronta e de muito mau gosto contra todas as categorias. Já espero ver as mesmas caras de sempre, pois a grande maioria se amedronta na luta por melhorias. Há ainda aqueles que por um motivo ou outro, esperam a benevolência do governo. Para os que ainda têm medo:
“Greve sem prejuízos a população, se é que possível!
As paralisações do serviço público não podem prejudicar a população. Os serviços que são considerados essenciais, como atendimento médico e hospitalar, distribuição de medicamentos e alimentos, transporte coletivo, tratamento de esgoto, compensação bancária e controle de tráfego aéreo, por exemplo, não podem ser totalmente interrompidos. Nestes casos, fica obrigatória a manutenção de ao menos 30% da prestação da atividade.
Corte de Ponto dos Grevistas
Com o Direito de Greve garantido Constitucionalmente, o Servidor Público tem o direito de paralisar suas atividades como forma de exigir melhores condições de trabalho. O corte de ponto daqueles que aderirem à Greve é visto como uma punição pelo fato dos trabalhadores estarem exercendo um direito legítimo, garantido pela Constituição.
Como efetivamente não há legislação que regule a possibilidade ou não deste corte, ele é utilizado como ferramenta de intimidação contra os que lutam por seus direitos. O histórico das greves do movimento dos trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação demonstra que raras foram as ocasiões em que houve cortes de pontos, sempre permanecendo o diálogo com as administrações locais e com o governo federal.
É evidente que o corte de ponto é imoral e antidemocrático e este também é o entendimento comum do movimento sindical. Porém, isto não impede que as chefias e até o Governo realizem ameaças e utilizem tal instrumento. Por experiência, os TAE´s sabem que o movimento supera esta questão, pois se há ameaça de cortes pelas administrações ou governo federal, há também ameaças de radicalização por parte dos grevistas. E o corte só poderá ser feito se a greve for julgada ilegal por um Tribunal Superior (TRF ou STJ).”

Ainda tenho esperanças que os colegas acordem a tempo para fazer a diferença.
Wellington Colenghi
Servidor Municipal que depois de seis anos sem aumento, teve seu salário aumentado em R$ 27,00.

31 comentários:

Aristeu disse...

Neste mato tem coelho e o funcionarismo não conseguirá nada além disso. Podem espernear ou arranjar outro emprego.

Anônimo disse...

Enquanto o Coelho e o Pastor mandarem na cidade, os funcionários públicos estão ferrados e mal pagos!!!

Anônimo disse...

Eh impossível acreditar em tanta crítica. não eh possível acreditar que Araguari esteja num nível tão ruim.
jah se percebe um cartel nesse blog, vcs atacam aqueles que tentam explicar o quanto eh dificil administrar uma cidade do porte de Araguari. O que vcs entendem de Adm Pública?
E o blog, a finalidade deste é a crítica pela crítica?
Será que o escritor deste texto não sabe que existe uma lei de responsabilidade fiscal e por isso o aumento foi dentro das possibilidades reais? Pra que destilar veneno dizendo que o governo não tem compromisso com funcionário. ponham a mão na consciência.

Iconoclasta disse...

A atual administração já vem demonstrando que não tem nenhum respeito e simpatia por funcionários efetivos, assim seria muita ingenuidade acreditar numa revisão justa do plano de cargos e salários capaz de suprir as expectativas do servidor de carreira. Assim toda política salarial é orientada para os cargos de confiança e apadrinhados.

ANTONIA ARRUDA disse...

Anonimo acredito que vc não seje funcionario publico concursado, e vc também não deve ganhar apenas salario minimo, me responda como pode alguém tão importante para a administração pública viver com este minusculo salário, penso que vc não entende nada de adiministração publica esta é feita a partir da valorização do funcionario, visto ser este quem presta serviços a população, portanto tudo começa com uma boa qualificação, dignidade e reconhecimento de seu valor.PROCURE SE INFORMAR MELHOR E VEM FAZER PARTE DESTA ENORME FAMILIA QUE VIVE COM SALARIO MINIMO.

Anônimo disse...

rsrsrs, que isso pessoal! olha temos que ajudar o marcao com sua releicao, certo? ele é o melhor prefeito que Araguari já teve nos ultimos tempos! olha só os numeros do cara ele em pesquisa sobre a sua possivel releicao teve 90 por cento de rejeicao, o cara é ou nao é um fenomeno? ah sobre os 5 por cento do aumento do plano de cargos e salarios voces nao entenderam corretamente a coisa o vale refeicao ou melhor o "vale fome" vai sair tambem e somando os dois aumentos dá quase 7 por cento, ah pessoal é so desembouçar mais 10 reais que nos conseguimos comprar um gás ne! VALEU MARCAO MUUUUITO OBRIGADO PELO AUMENTISSIMO AUMento!!! VC É D+!!!

antonia disse...

Interessante é ouvir dizer que contrato é melhor, realmente para fazer politicagem, pergunto o seguinte o que sabemos de contratados desviados de função isto mesmo CONTRATADOS DESVIADOS DE FUNÇÃO, foi contratado para fazer um certo serviço e hoje apenas está dirigindo e não é apenas um não e nesta categoria estão sempre precisando de mais funcionários, mesmo assim contratam e mandam para farmácia, para dirigir ou pilotar moto e outros mais e aí como fica usam o trabalho essecial para contratar e depois levar os protegidos para trabalhos melhores, enquanto os concursados ficam e ainda tem que ouvir que contratado é melho, é brincadeira!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

talvez alguns são bonitinhos, outros puxa saco e por ai vai.............

antonia disse...

calengue tu é chato em cara hehehehehe, este CALENGUE foi em homenagem ao anonimo defensor do indefensável!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ele faz tanta questão de escrever errado!!!!!!!!!!!Pra enganar quem eu não sei?

Anônimo disse...

"vcs atacam aqueles que tentam explicar o quanto eh dificil administrar uma cidade do porte de Araguari"

Sabemos sim o quanto é dificil administrar uma cidade do porte de Araguari, associada a incompetência então... nem imagino...

"não sabe que existe uma lei de responsabilidade fiscal"

Sabemos da existêcia da referida lei, mas o Novo Modelo persiste em usá-la apenas onde fere direitos dos funcionários. Sabemos também da existência de tantas e tantas outras leis que a administração burla para favorecimento do seu grupinho político. Vc quer exemplos ou já basta para vc calar a boca?

Anônimo disse...

Até acredito que a administração não tenha mesmo condições de dar um aumento salarial compativel as reais necessidades dos servidores públicos, pois o corpo da administração está inchado com cargos de confiança e funções sendo criadas a esmo para abrigar protegidos do governo, como li hj aqui no blog que no serviço da dengue passaram de 2 supervisores gerais para 4, ou seja o dobro.
Imagina uma situação semelhante a essa acontecendo em outros setores da administração, esse fato na dengue corresponde apenas um setor da saúde. Assim não tem como mesmo os servidores receberem qualquer aumento salarial.

Anônimo disse...

HUM ENTAO O SITE É MANIPULADO SÓ A OPINIÃO DE VCS VALEM!?!?!?EU JA DEVIA SABER.
BOM EU ESTAVA ATE PENSANDO EIM ME APRESENTAR MAS
VEJO Q NÃO VALE A PENA.
COMO EU DISSE COM VOCES O DIALOGO É IMPOSSIVEL.
E AINDA FALAM EIM IMPRENSA MARRON!!KKKKKKKKK
Colenghi VC É UMA PIADA.

Anônimo disse...

Realmente, o controle da dengue virou cabide de empregos para apadrinhados políticos e esse último ''Processo Seletivo'' é uma piada que visa colocar mais protegidos dentro da prefeitura. Agora chegamos ao cúmulo de ter 4 supervisores gerais para ficarem só ''coçando o saco'' o dia inteiro no PA enquanto os agentes penam nas tardes recolhendo lixo!

Anônimo disse...

olha em uma cidade que paga 97 mil para milionario e jose rico para anuciar a aprovação do soma pode esperar o que.
depois o joven jose vitor aquele que era secretario de ação social agora vai ser de meio ambiente fiel escudeiro do JUBAO OU PAJU, amisgo do competente LIIZ porcao, o mesmo que fiel ao compaheiro Tibazinho o homem do milhoes,vamos esperar o que. dessa adm.

mais mesmo a sim vamos rumo a reileiçõa com muita fe e claro com voto de vcs.

bjs . antonio carlos araujo neto
rua paracatu.
bairro mirada,

Anônimo disse...

No caso dos Agentes Sanitários, Agentes de Endemias ou Agentes de Controle de zoonoses e os Agentes Comunitários existe uma Emenda Constitucional igualando as duas funções, porém o que fiquei sabendo é que no PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS OS SALÁRIOS APRESENTADOS ESTÃO COM UMA DIFERENÇA GRITANTE. COMO???? SE EXISTE ATÉ PL PROPONDO PISO SALARIAL NACIONAL.

EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 63, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2010


Altera o § 5º do art. 198 da Constituição Federal para
dispor sobre piso salarial profissional nacional e diretrizes
para os Planos de Carreira de agentes comunitários de
saúde e de agentes de combate às endemias.

As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte Emenda ao texto constitucional:
Art. 1º O § 5º do art. 198 da Constituição Federal passa a vigorar com a seguinte redação:
"Art. 198. ................................................................................
.........................................................................................................
§ 5º Lei federal disporá sobre o regime jurídico, o piso salarial profissional nacional, as
diretrizes para os Planos de Carreira e a regulamentação das atividades de agente
comunitário de saúde e agente de combate às endemias, competindo à União, nos termos
da lei, prestar assistência financeira complementar aos Estados, ao Distrito Federal e aos
Municípios, para o cumprimento do referido piso salarial.
..............................................................................................." (NR)
Art. 2º Esta Emenda Constitucional entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, em 4 de fevereiro de 2010.

Colenghi disse...

Prezado anônimo do dia 22 de setembro de 2011 às 23:53
Na sua opinião é impossível dialogar conosco, porém, analiso de forma diferente. Somente não aceitamos as argumentações viciadas que tentam impor perante nossa opinião.
Verdade seja dita, e como já deve ter reparado, a maioria dos que aqui se propõem à discusssão tem embasamento para tanto, ao contrário de alguns membros da imprensa marron e viciada.
Prezo muito à qualidade da informação e da escrita e a ética me relação ao repasse destas informações.
Acontece que aqui no blog, alguns de vocês anonimamente ou protegidos por títulos de secretário, tentando macular nossa inteligência com sua notícias fraudulentas e comentários fantasiosos, que estão muito aquém da verdadeira realidade.
No mais, se eu fosse uma piada, você estaria rindo e não preocuparia em comentar meu post.

Anônimo disse...

Todo funcionario hanhando basicamente salario minimo, senao nao sobra pros inumeros cargos de confiança e apadrinhados.

garliene arts disse...

Wellington Colenghi
PARABÉNSSSS pela sua coragem de expor a real situação!!

Gabriel disse...

Anônimos extressados...

Se vocês pretendem aparecer por aqui para defender o Novo Modelo, fiquem à vontade. Mas tenham a dignidade de aparecer com argumentos sólidos e, no mínimo, decentes. Ficar nessa onda de Ad Hominem de "ah esse site é manipulado", "ah então eu não vou aparecer" é coisa de criança que tá morrendo de medo do debate e não quer admitir.

Se tiverem argumentos e não declarações mentirosas ou sofismas, venham e debatam. Caso contrário, sugiro que façam uso do direito de ficarem calados.


Ao assunto...

Mas é claro que a Lei de Responsabilidade é um obstáculo enorme, com a quantidade de dinheiro sendo gasto com cargos de confiança e contratados. Aliás, sejamos claros, os processos seletivos desse Novo Modelo sempre foram repletos de irregularidades, como no caso do último, onde o pessoal que já trabalha no controle da dengue como contratado foi fazer treinamento até de uniforme, será que algum deles vai deixar de entrar? Duvida? Devem ter umas duzentas testemunhas. Fica claro que nessa IMENSA MEGALÓPOLE IMPOSSÍVEL DE ADMINISTRAR que é Araguari os processos seletivos são utilizados de maneira aberrante, apenas para dar um aspecto de Legitimidade a cargos de confiança.

Com a folha de pagamento corrompida por pessoas incompetentes que sequer deveriam estar trabalhando na administração pública, nem uma administração eficiente conseguiria atuar, que dirá do Novo Modelo. Eu gostaria de saber se há pelo menos uma repartição dessa administração que esteja livre das pragas de confiança...

Falando sério até parente do prefeito está trabalhando em cargos menores, sob a máscara de estágio. Interessante é que nunca se viu seu nome nos editais de classificação dos aprovados para estágio.


Colenghi...
Parabéns pela coragem, acredito que se mais funcionários tivessem sua conduta teríamos melhor noção de como anda o caos na administração pública.

Sob selenismo, doses e devaneios
Gabriel.

Anônimo disse...

Acredito que o único entrave de Araguari é a politica. Nosso chefe em vez de governar para a maioria de araguari, digo, o povão, governa para os politicos (somente os da base claro!). Cito exemplos que qualquer um pode averiguar, se você for a uma unidade de saúde a funcionário irá te orientar a esperar por no minimo quinze dias até agendar sua conulta com o ortopedista dai você sai e vai ao vereador(o da base é claro!) e ele consegue com muita facilidade. Tem se dito que algumas pessoas que estão ocupando cargos em diversas secretarias são prevenientes de solicitações de partidos. Logo Senhor prefeito (em quem votei) acreditei que votando no Marcão estaria votando em uma pessoa que não colocaria a cidade na mãos dos politicos e sim de um Administrador que julgava e muitos diziam competente.

Anônimo disse...

Os vereadores da base tem suas cotas de guias medicas , ja tendo acesso direto da secretaria de saude

Dilson Martins disse...

Parabéns Colenghi!

De nossa união, a nossa vitória!

Continuemos nosso grito de protesto!

Nossos companheiros alienados, coagidos, desiluditos e revoltados, no seu tempo e hora, perceberam a real dimensão de sua força.

Neste dia, teremos a melhor cidade deste nosso Brasil; um funcionalismo no exato sentido da palavra; a mais eficente "máquina pública" à disposição da comunidade. Tudo isso devido ao fato de sermos a peça mais importantes disso chamado: Prefeitura Municipal de Araguari.

Anônimo disse...

Colenghi, só posso aqui lhe dar os parabéns pela sua coragem de escrever o que pensa.

E tenho certeza que esses fatos distorcidos não se aplicam apenas ao funcionalismo. O povo ainda passa a vida dependurado nas pseudo amizades com os do poder e ainda não tem a real noção do seu valor enquanto individuo, cidadão e contribuinte.
Enquanto a maioria passar a vida esperando o messias para resolver seus problemas e bater de frente com os "poderes", essa cambada vai continuar deitando e rolando. Enquanto isso, os que tem a hombridade de discordar e assinar em baixo do que diz, vão continuar sendo motivos de chacota nas rodinhas do palácio...
Mas tudo bem, não há cargo ou salário que pague uma boa noite de sono tranquilo com a consciencia limpa e a sensação de dever cumprido.

Mais uma vez, meus parabéns.

Atenciosamente.
Riberto, de Sousa Junior.

Anônimo disse...

PEGARAM O BOI, AINDA ACHO QUE O GOVERNO FOI GENEROSO COM VCS. ESSE DILSON E ESSE COLENGHI VIVEM É ATRÁS DE SINDICATO, PRA QUE QUEREM AUMENTO?
VÃO PEGAR NUM ENXADA E VER O QUE É BOM.

Iconoclasta disse...

Já me disseram que não entendo nada de admnistração pública, tudo bem... mas quem fez a revisão desse plano de carreira está longe de aprender até o básico sobre adminitração pública, e não estou apenas dizendo da questão salarial não, mas o absurdo que ficou as categorias dispostas em níveis.
Aquilo foi uma das coisas mais amadoras do Novo Modelo.

Anônimo disse...

Amadora????????

NORMAL ENTÃO

Dilson Martins disse...

Caro Anônimo de 24 de setembro de 2011 16:38.

Tenho grande habilidade com a enxada, inclusive, estive este sábado todo trabalhando bastante com muitas outras ferramentas.

Quando criança fazia a mando de minha mãe a maioria das tarefas da casa. Trabalhei como servente de pedreiro para comprar um uniforme de goleiro, já vendi “laranjinha” e picolé.

Já adulto e casado, ajudava na venda de doces, salgados e queijos que minha esposa caprichosamente fazia. Isto durou enquanto o horário de trabalho da prefeitura permitiu. Aliás, sou servidor público concursado.

Sou Técnico Agrícola e fiz até o 3° ano do Curso de Direito. Parei a faculdade pela situação de emergência que o sindicato passava.

Sei ordenhar, capar, costurar ferimentos, posso com certa facilidade imobilizar novilhos e vacas, tenho prática no trato de algumas culturas, ou seja, tenho gosto pela lida da roça.

Também, posto matérias no jornal; gosto de embrenhar no mundo da poesia; exercitar o corpo, malhar e, adoro praticar karaté (até este momento nunca me envolvi em briga).

Represento minhas insatisfações a quem de direito (Promotoria, Prefeito, Vereador...) e Ocupo sempre que posso espaço em emissoras de rádio para falar principalmente dos problemas dos funcionários públicos do município e claro, da cidade.

Nunca deixei de agir junto ao sindicato e principalmente, tenho orgulho da minha história na diretoria do SINTESPA.

Gosto da política e tenho ojeriza da maioria dos políticos. Não coaduno e/ou concordo com postagens apócrifas, porém, respeito o direito ao anonimato.

Você Anônimo de 24 de setembro de 2011 16:38 não tem motivos para se esconder! Gosto de uma boa conversa e, adoro mudar de opinião sempre que meus argumentos são jogados ao chão.
QUE TAL VOCÊ TENTAR!?

Colenghi disse...

Caro Anônimo de 24 de setembro de 2011 16:38.
Somente hoje vi seu post e sinceramente, ri muito.
Tenho orgulho de ser politizado e de ter consciência que o SINTESPA é meu representante legal, portanto, devido à perseguições que sofri, nada mais correto que procurar a isntituição que me representa até juridicamente.
Seu intento é demonizar quem procura sindicato, como se isso fosse uma má conduta. Longe disso, talvez se mais alguns tivessem a consciência política que eu e alguns que sempre participam da organização sindical, não estaríamos nessa degradante situação. Quando você tiver mais argumentos volte.
Em tempo:
Realmente nunca trabalhei com enxada, mas é um trabalho digno. Indigno é postar veneno aqui sem identificar-se.
Dilson...você humilhou....kkkkk

Colenghi disse...

Companheiros agentes de combate a endemias, já que não podemos contar com o governo municipal para melhorar nossa situação, por parte do governo federal surge uma luz no fim do túnel. Aqui a luta será grande se sair nosso piso:

ENCAMINHAMENTOS PARA A APROVAÇÃO DO PISO SALARIAL

21/09

Imprimir
PARCERIA COM A CUT
Nos últimos dias a CONACS, tomou algumas decisões muito importantes, entre elas, a já anunciada parceria com a CUT. Essa ação ocorreu por força da fragilização financeira da CONACS para manter sozinha a estrutura da Mobilização dos dias 03, 04 e 05 de outubro e principalmente pela proposta de união de forças em prol da aprovação do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. A reconhecida força política da CUT, renovam nossas forças e dão certeza que essa parceria será fundamental para o êxito da 1ª Vigília Nacional em apoio ao Piso Salarial e o PCCR dos ACS e ACE.
É válido ressaltar que essa parceria a princípio é para a realização da Mobilização de outubro e foi colocado como condição pela CUT a unificação das agendas da CONACS e da CNTSS, fato que deverá acontecer desde já, pois a presidente da CONACS, Ruth Brilhante assinou na semana passada ofício em conjunto com representantes da CUT e da CNTSS, solicitando audiência com o Ministro Gilberto Carvalho, Secretario Geral da República, a fim de tratar de assuntos pertinentes à 1ª Vigília Nacional em apoio ao Piso Salarial e o PCCR dos ACS e ACE e o encaminhamento do PL do Executivo para regulamentação da EC 63/10.
PROPOSTA DE TEXTO PARA RELATÓRIO FINAL DO PL DE REGULAMENTAÇÃO DA EC 63/10.
É de conhecimento geral que desde o ano passado, a CONACS em face das negociações mantidas com o Governo Federal, apresentou uma proposta de escalonamento de implantação do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. De início, essa proposta trazia um escalonamento até 2012 e valores que imaginávamos atender as pretensões da categoria. Hoje, por força da mudança das condições de negociação, a CONACS apresentou nos Seminários Estaduais realizados pela Câmara de Deputados a proposta de escalonamento do Piso Salarial Nacional até 2015, sendo esta proposta, a que mais trouxe consenso político e apoio para a aprovação, defendida não só pela categoria como por todos os parlamentares e vários gestores estaduais e municipais.
Para melhor esclarecer essa proposta, passamos ao resumo do texto proposto pela CONACS ao relator da Comissão Especial:
VALOR PROPOSTO DO PISO SALARIAL
2011 – R$ 750,00
JANEIRO/2012 = R$ 750,00 + REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO (INPC+PIB)
JANEIRO/2013 = (VALOR DO PISO DE 2012 + REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO (INPC+PIB)) + 10,4%
JANEIRO/2014 = (VALOR DO PISO DE 2013 + REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO (INPC+PIB)) + 10,4%
JANEIRO/2015 = (VALOR DO PISO DE 2014 + REAJUSTE DO SALÁRIO MÍNIMO (INPC+PIB)) + 10,4%
=
2 SALÁRIO MÍNIMOS
A proposta acima, portanto, assegura que independentemente do índice de reajuste fixado para o salário mínimo, nos anos de 2013, 2014 e 2015, o piso salarial dos ACS e ACE ao final do escalonamento será equivalente a 2 salários mínimo.
Para melhor compreensão, passamos a fazer uma exemplificação prática do que seria em valores reais o Piso Salarial, considerando que o salário mínimo nacional seja reajustado nos próximos anos em média 13%:
2012 = R$750,00 + 97,50 = R$ 847,50
2013 = (R$ 847,50 + 110,17)+10,4% = R$ 1.057,27
2014 = (R$1.057,27+ 137,47)+ 10,4% = R$ 1.318,99
2015 = (R$ 1.318,99 + 171,46)+ 10,4% =R$ 1.645,46 (2 SALÁRIOS MÍNIMOS de 2015)
A CONACS propôs aos representantes da CNTSS a unificação das nossas propostas para o Piso Salarial, que deverão ser apresentadas à Presidente da República durante a 1ª Vigília Nacional em apoio ao Piso Salarial e o PCCR dos ACS e ACE.
Fonte:http://www.conacs.com.br/index.php?acao=noticia&id=136

Colenghi disse...

Se aprovado, o valor do piso para 2011 é R$ 750,00.

Colenghi disse...

Ontem percebi que os funcionários se estratificam por categorias, tornando muito fácil a desarticulação de movimentos. Não se enxergam como servidores no mesmo barco, mas como médicos, veterinários, enfermeiros, motoristas, fiscais...Todos querem resolver o problema de sua categoria e dessa forma não enxergam o problema da coletividade, isso sem contar, que algumas classes se consideram elitizadas, como por exemplo médicos e enfermeiros. sem consciência de classe infelizmente fica fácil para o Novo Modelo.