quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Altruísmo, "Jornalismo" e Politicagem

A postura do Correio de Araguari consegue ser cada vez mais surpreendente. Na edição de terça-feira, 23, o periódico noticiou que uma importante empresa da cidade irá fazer doações mensais  em dinheiro a três instituições beneficentes. Essa decisão partiu do seu diretor-presidente, que, segundo o jornal, não quis ser identificado. Já estão sendo beneficiados a Casa do Caminho, o Abrigo dos Velhos Cristo Rei e o SER (Serviço Evangélico de Reabilitação de Araguari).
O gesto, em princípio, é belo. A decisão de não se identificar também aparenta ser nobre.
Contudo, surgiu o Correio para tirar um pouco da beleza desse ato. O jornal transformou em deslavada politicagem um ato que, na essência, deveria ser apenas um ato de solidariedade. Vejam as fotos abaixo, extraídas do jornal, e confirmem o que acabei de afirmar. Em Araguari, algumas condutas "jornalísticas" e políticas, ao que parece, beiram o ridículo.
O Vice – Prefeito Júberson dos Santos Melo (Jubão), acompanhado do Vereador Luiz Porção, entregou dinheiro doado por um empresário da cidade, que não quis ser identificado, para o Abrigo Cristo Rei, nas mãos do Senhor João Luis Lemos




O Vice – Prefeito Júberson dos Santos Melo (Jubão), acompanhado do Vereador Luiz Porção, entregou dinheiro doado por um empresário da cidade, que não quis ser identificado, para o Lar Casa do Caminho, nas mãos da Senhora Vera Lúcia Cardoso Rosa


O Prefeito Marcos Coelho, acompanhado do Vice – Prefeito Jubão e do Vereador Porção, fez a entrega de dinheiro doado por um empresário da cidade, que não quis ser identificado, para o SER




16 comentários:

Ianis disse...

Antônimo diz:

Ô portunismo... Apropriam-se de tudo.

Atenciosamente,
Antônimo, que não quer ser identificado.
( MAS NÃO PERDE UMA OPORTUNIDADE EM APARECER !!! E em primeira mão... )

EFGoyaz disse...

Isso só demonstra o tipo de gente que domina nossa cidade: as que contam com a burrice dos seus "súditos".

Iconoclasta disse...

Esse tópico é um exemplo prático de que nem todo anônimo é um malfeitor como muitos insistem em dizer, da mesma forma nem todos que se identificam é um benfeitor.

João disse...

quem intende o pocão? é um lambão mesmo, e o jubão? tem cara de picareta mesmo,e o Marcão? tem cara de Ogro mesmo!

Rafael Kesler disse...

É... Repito mais uma vez:

"Se quisermos ver uma Araguari livre de clientelismos, politicagens, politicalhas, politicarias, politiquices e politiquismos devemos, primeiramente, nos conscientizar de que o objetivo da política é alcançar o BEM-COMUM. Não o BEM-PARTICULAR. Mas sim, o BEM de toda a coletividade. Devemos nos conscientizar disso e ajudar outras pessoas a se conscientizarem.

Lutemos veementemente para que políticos não sejam eleitos apenas porque são privilegiados financeiramente, mas sim, porque são honestos, justos, éticos, capacitados, imparciais, decentes e íntegros".

Avante a democracia!
Avante a liberdade de expressão!
Avante a consciência política!

Anônimo disse...

Deixando o oportunismo e mal caratismo dos nossos ''líderes'' de lado, alguém aí sabe da tal prova do Processo Seletivo Simplificado que vai ser realizada neste sábado? Me parece que a população ainda está ''por fora'' desse fato.

Anônimo disse...

proxima dupla vencedora das eleiçoes 2012.

pode escrever.


rumo a vitoria.

Anônimo disse...

resumindo

o tal empresário TAMBÉM é um canalha

Anônimo disse...

pegou o dinheiro e entregou? não acredito

Aristeu disse...

Os portadores sujaram a doação. Lá na favela Beira-Mar também faz "caridade".

Anônimo disse...

Quem quer fazer caridade sem fazer estardalhaço, escolheu as pessoas certas, para fazer a entrega do beneficio. Vai ser discreto assim lá longe......

Anônimo disse...

que nem aquele outro vereador (ex) Pastori que vive ganhando na megasena e tem gente que ainda acredita. Se um cara quer doar escolhe logo dois picareta pra ele ficar no anonimato, que mentira

Anônimo disse...

Tal prática nos dá uma impressão de como será a campanha política no ano quem vem, hoje o "benfeitor anônimo" está tentando, por via oblíqua, comprar a dignidade de pessoas que necessitam do Abrigo Cristo Rei, Lar Casa do Caminho e essa nova entidade denominada SER LIVRE, mas este benfeitor cometeu um erro, nomeou pessoas que estão ligadas às diversas irregularidades e ilegalidades existentes em nosso Município. Quando afirmo isso, reporto-me aos idos tempos que os "ãos", PORCÃO E JUBÃO tinham o dever de fiscalizar a aplicação das verbas pelo executivo, como é o caso da construção do Hospital Municipal.

Anônimo disse...

A prefeitura que deveria fazer essas casas assistenciais! pra velhos, mendigos, crianças, deficientes e dependentes químicos. tanto dinheiro que roubam, desviam, daria pra manter uma mega estrutura pra auxiliar os mais necessitados! TEM A QUESTÃO TRISTE QUE AJUDAR OS OUTROS VIROU MEIO DE VIDA. MUITOS ENRIQUECEM E MUITO MUITO MUITO COM ESSE NEGÓCIO!

Anônimo disse...

Sinceridade?

Essa desculpa podre de benfeitor anônimo me deu náuseas.

ANTONIA disse...

Me lembro da época questão do imposto na cidade o jubão foi até uma emissora local e acabou com o prefeito, estranho agora estão amiguinhos novamente da nojo.