sábado, 9 de julho de 2011

Senadores sem voto

Com a morte de Itamar Franco, Minas Gerais tem dois senadores nos quais não votamos: Clésio Andrade, suplente de Eliseu Resente, e Zezé Perrella, suplente de Itamar. Vale lembrar que, na última legislatura, o Estado foi representado por um senhor do Rio de Janeiro, Wellington Salgado, que nada sabe de Minas e também não foi votado aqui. Era suplente de Hélio Costa.
Esses fatos são lamentáveis. Minas não merece isso. Está na hora de uma reforma política séria para acabar com a figura esdrúxula do senador sem voto.

4 comentários:

garliene arts disse...

A perda de Itamar Franco é irreparável ..>>> Jamais teremos um politico deste nivel que ame verdadeiramente Araguari , como este amou. Não me lembro de um politico que viesse tantas vezes em nossa cidade como ele. Grande perda nos Araguarinos tivemos com sua morte. Sentimentos a familia....>>>Exatamente Minas, Araguari, não merece isto , reforma politica seria de extrema urgência. =S

Aristeu disse...

Não tem voto, mas tem patrimônio. Antes mesmo de ser senador já era questionada a sua honestidade.

Maria tereza disse...

Não fala em gangue... ondee tem dim din se fala honestidade,ético,bondoso...eese governo não pe dos pobres,não gosta de pobre ainda bem que ele fala e não releição GRAÇAS à DEUS quero ver se tem palavra mesmo eu não acredito em nada que esse homem fala...espero que coloca NICINHA sua suesserra só para nos divertimos apesar que dinheiro que manda...para comprar voto gente todos trabalhando vamos derrubar esse governo,vamos mostrar a verdade escondida atrás...dos bastidos da mídia ou merda todas vendidas com o dinheiro do povo.

Aletéia disse...

O nosso país necessita de uma reforma política URGENTE!! Já é triste ter que ir às urnas para escolher o menos pior. E depois ainda ver assumir uma cadeira no SENADO FEDERAL alguém que sequer foi votado?